11 eventos ao vivo

Raikkonen chama Perez de "idiota" após toque; mexicano pede espaço

26 mai 2013
14h44
atualizado às 15h24
  • separator
  • 0
  • comentários

Nas últimas voltas do Grande Prêmio de Mônaco, neste domingo, Sergio Perez e Kimi Raikkonen se envolveram em um incidente que chamou a atenção no Circuito de Monte Carlo. A oito voltas do fim, o mexicano da McLaren atacou para tentar tomar do finlandês a quinta colocação. Não conseguiu, tocou a traseira da Lotus e atrapalhou a prova de ambos: Raikkonen terminou em décimo, enquanto Perez teve que abandonar.

<p>Finlandês não gostou de toque de Perez, que alega ter sido espremido em parede</p>
Finlandês não gostou de toque de Perez, que alega ter sido espremido em parede
Foto: Reuters

O toque irritou o finlandês, que não se conteve: no rádio da equipe, chamou o adversário da McLaren de “idiota”. "Este idiota vai bater em mim", disse Kimi, recebendo como resposta no rádio um "entendido" dos boxes da Lotus. O finlandês chegou a cair para o 13º lugar, fora da zona de pontuação, mas se arriscou nas ultrapassagens e ainda ganhou três posições nas oito últimas voltas, conquistando um ponto.

Após a prova, Sérgio Perez se defendeu e disse que não poderia evitar o choque com a Lotus do finlandês. Além disso, lembrou as ultrapassagens feitas sobre Jenson Button e Fernando Alonso na mesma chicane onde tocou o carro de Kimi Raikkonen, sem problemas na ocasião.

“Fiz uma grande corrida, ultrapassei carros a tarde toda. Mas, na minha opinião, Kimi não me deixou espaço quando tentei ultrapassá-lo assim que saímos do túnel – como resultado, fiquei espremido na parede ao entrarmos na chicane. Foi uma pena – ultrapassei Jenson e Fernando ali, e Jenson também me ultrapassou, mas não consegui evitar o choque com Ikimi”, disse o mexicano, que foi além.

“É claro que qualquer ultrapassagem em Mônaco é um risco, mas no fim do dia, nós precisamos deixar uns para os outros algum espaço. Como resultado do contato, os dutos de freio do meu carro foram danificados, e meus freios dianteiros começaram a superaquecer. Basicamente, fiquei sem freio”, disse o mexicano.

Perez não comentou a declaração de Raikkonen no rádio, mas afirmou ser “frustrante” deixar “uma prova onde você dirige duro e rápido, especialmente quando você está perto do fim”. “Estou muito desapontado – pela equipe e por mim”, resumiu.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade