2 eventos ao vivo

Vettel pede "pés no chão" após estrear em 2011 com vitória

27 mar 2011
06h14

Atual campeão mundial da Fórmula 1, Sebastian Vettel venceu a primeira corrida de 2011, disputada na madrugada deste domingo (horário de Brasília). Após a pole position e o triunfo incontestável no Grande Prêmio da Austrália, o piloto da Red Bull, detentora do título de construtores, adotou a cautela e tentou conter a euroforia.

Alemão da Red Bull elogiou novas regras e garantiu não ter tido moleza na liderança
Alemão da Red Bull elogiou novas regras e garantiu não ter tido moleza na liderança
Foto: AP

"Eu estou dizendo para a equipe que precisamos manter os pés no chão. Ganhamos muitos pontos, o que é muito importante, e estamos satisfeitos com nosso trabalho, o que é ainda mais importante", disse o alemão, antes de alertar: "é um longo ano e muita coisa pode acontecer".

Sentado ao lado do inglês Lewis Hamilton, segundo colocado no volante da McLaren, e do russo Vitaly Petrov, terceiro com a Lotus Renault, Vettel apontou ambos como rivais de peso. "A Ferrari também é sempre muito forte. A Mercedes não teve um grande começo, mas eles estarão mais fortes do que no ano passado", apostou.

Apesar de pedir pés no chão, o alemão, 23 anos tratou de comemorar e elogiar sua equipe. "Parabéns ao pessoal da fábrica. O carro estava rápido, mas também confiável. Esa é a chave. É a primeira vez que termino o Grande Prêmio da Austrália e estou muito, muito feliz", festejou.

Sebastian Vettel cravou a pole position para a corrida em Melbourne e venceu a primeira prova da temporada com mais de 22s de vantagem para Lewis Hamilton. Ainda assim, o jovem piloto da Red Bull assegura que encontrou dificuldades durante a disputa.

"Não foi uma corrida fácil. Havia muitas coisas para aprender hoje e precisamos ter um outro olhar sobre a corrida", afirmou. Ao falar sobre as inovações tecnológicas da prova, ele elogiou a Pirelli, nova fornecedora de pneus da categoria, e ainda demonstrou otimismo com a asa traseira móvel.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade