0

Williams dispensa Bruno Senna e anuncia novo parceiro de Maldonado

28 nov 2012
09h02
atualizado às 09h52

Bruno Senna não será piloto titular da Williams na temporada 2013 da Fórmula 1 . Na manhã desta quarta-feira, exatamente às 9h (de Brasília), a equipe divulgou um comunicado à imprensa informando que sua nova dupla será formada pelo venezuelano Pastor Maldonado e pelo finlandês Valtteri Bottas.

» De "reta curva" a sabão no banheiro; veja gafes de Galvão na F1

Nos últimos meses, a troca de Bruno Senna por Bottas já era dada como certa pela imprensa finlandesa. Em 2012, o europeu era reserva da equipe britânica e assumiu o carro do brasileiro em 15 dos primeiros treinos livres nas 20 etapas da F1 realizados em 2012.

Bottas, 23 anos, estreará na elite do automobilismo mundial após ser campeão da GP3, categoria de acesso à GP2, em 2011. Sua carreira é administrada pelo finlandês Mika Hakkinen, bicampeão da F1 em 1998 e 1999 pela McLaren , e pelo austríaco Toto Wolff, diretor-executivo da própria Williams.

No comunicado, Frank Williams, fundador e chefe da equipe, afirmou ter "em Pastor e Valtteri dois dos mais empolgantes talentos do automobilismo". O chefe disse que o venezuelano "sempre mostrou um ritmo extraordinário e neste ano amadureceu" e que o finlandês "é simplesmente um dos mais talentosos jovens" o qual já viu.

"Eu gostaria também de aproveitar a oportunidade para agradecer nosso piloto que está partindo, Bruno Senna, por seu trabalho duro durante o ano e para lhe desejar a melhor das sortes no futuro", completou o chefe da escuderia.

Novo companheiro de Bottas, Maldonado, 27 anos, foi campeão da GP2 em 2010 e se transferiu à Williams no ano seguinte, ajudado pelo patrocínio da estatal petrolífera venezuelana PDVSA. O piloto foi o 19º do Mundial de 2011 e o 15º no de 2012, quando venceu o GP da Espanha e somou 45 pontos, contra 31 do parceiro Bruno Senna.

"Estou realmente desfrutando de meu período na Williams e estou obviamente muito feliz por continuar", disse Maldonado. "O ano de 2012 foi memorável para mim com a vitória em Barcelona e demos um grande passo avante em termos de desempenho. Tenho muita confiança no time e tomara que no próximo ano nos vejamos movendo ainda mais à frente no grid e saboreando mais sucesso".

Promovido a titular, Bottas afirmou completar um "sonho da vida" com a futura estreia na elite do automobilismo mundial. "Fazer isso com um dos times mais lendários do esporte é incrivelmente especial. Realmente desfrutei dos meus três anos com a Williams até aqui e me sinto em casa, então meu objetivo sempre foi ficar para 2013", disse, lembrando que se tornou piloto de testes da equipe ainda em 2010. "Estou empolgado para começar minha carreira na F1 e desfrutar de muito sucesso com a Williams", emendou.

Finlandês Valtteri Bottas, 23 anos, era reserva da Williams e assumirá vaga de Bruno Senna
Finlandês Valtteri Bottas, 23 anos, era reserva da Williams e assumirá vaga de Bruno Senna
Foto: Reuters
Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade