Fale conosco

 Notícias por e-mail
Pilotos
Terça, 22 de novembro de 2005, 14h44  Atualizada às 17h10
Mulher bate carro de Fórmula 1 na Itália
 
Reuters
Katherine Legge não esconde frustração após bater em primeiro teste
Katherine Legge não esconde frustração após bater em primeiro teste
Galeria de fotos
» Veja fotos
 Últimas de Pilotos
» Ralf se diz em momento mais feliz na F-1
» Massa testa nova Ferrari em Fiorano
» Português critica adoção do motor V8 na F-1
» Schumacher diz que não se dedicou 100% em 2005
O teste da britânica Katherine Legge durou apenas algumas voltas no circuito de Vallelunga, na Itália. A piloto, 25 anos, foi convidada para testar pela Minardi, mas bateu no muro em sua segunda volta rápida.

Veja fotos

Katherine, que disputou a última temporada da F-Atlantic, nos Estados Unidos, havia completado apenas algumas voltas de aquecimento antes de forçar o ritmo.

No entanto, a piloto britânica espera ter uma nova oportunidade nesta quarta-feira. Os testes marcam a despedida da equipe Minardi, que foi vendida para a Red Bull e passará a ser chamada de Toro Rosso.

"É diferente de tudo que já pilotei. Estou bem, mas cometi um erro. Estou começando a compreender o controle de tração e como ele funciona. Espero ter um dia melhor amanhã", concluiu.

A última mulher a ser piloto oficial de F-1 foi a italiana Giovana Amati, em 1992, mas ela foi demitida pela Brabham após não classificar a equipe para nenhuma corrida.

"Ela fez um pequeno passeio pela paisagem", disse um porta-voz da Minardi. "Estava muito frio e existe a possibilidade de um entusiasmo exagerado. Mas isso é correr, acontece."

O australiano ex-dono da Minardi Paul Stoddart, assistindo a seu último treino depois de vender a Minardi para a Red Bull, disse que a inglesa bateu num muro de concreto após sair da pista numa curva apenas na segunda volta.

"A luz está acesa e há muitas coisas para consertar no carro, então ela terá um dia cheio na quarta-feira", disse.

Stoddart reservou a última volta de quinta-feira para si próprio. "Fiz um pacto comigo mesmo que eu darei a última volta de um Minardi", disse ele.

Com informações da Reuters
 

Redação Terra