Edições anteriores
Fórmula 1 2005
Fórmula 1 2004
Boletim
Receba as últimas notícias em seu email
Fale Conosco
Mande suas críticas e sugestões. Participe!
Fórmula 1 2006
Domingo, 19 de março de 2006, 05h35  Atualizada às 07h28
Fisichella vence, e Massa fica à frente de Schumacher
 
Reuters
Fisichella se emociona após vencer a etapa de Sepang
Fisichella se emociona após vencer a etapa de Sepang
 Últimas de Fórmula 1 2006
» Fernandes diz que briga pelo nome Lotus por torcedores
» Indiano conta que passou informações sobre a pista para Webber
» Antes de voltar à rotina de competições, piloto confere evento do qual é padrinho
» Chefe da Ferrari vê lado bom de ter apenas Fernando Alonso na disputa pelo título
Busca
Busque outras notícias no Terra:
O italiano Giancarlo Fisichella, da Renault, venceu praticamente de ponta a ponta o GP da Malásia, disputado neste domingo, no circuito de Sepang, após ter largado na pole position. O brasileiro Felipe Massa saiu na última fila e terminou em quinto lugar com a Ferrari, uma posição à frente do alemão Michael Schumacher.

Veja fotos
Confira a classificação
Veja como foi a corrida

Já Rubens Barrichello, da Honda, que também largou entre os últimos, foi apenas o décimo colocado, mas foi prejudicado por um stop and go ao ter excedido a velocidade nos boxes.

Essa foi a terceira vitória de Fisichella na carreira. As outras aconteceram nos GPs da Austrália de 2005 e no do Brasil, em 2003.

O espanhol Fernando Alonso foi o segundo colocado e completou a dobradinha da Renault. Vencedor no Bahrein, o atual campeão mundial lidera a competição, com 18 pontos, sete a mais que Schumacher e Button, os vice-líderes.

O inglês Jenson Button, da Honda, permaneceu a maior parte da corrida em segundo, mas perdeu a posição para Alonso na última parada de boxes e ficou em terceiro, subindo ao pódio.

O colombiano Juan Pablo Montoya, da McLaren, fez uma prova discreta e terminou em quarto lugar. O canadense Jacques Villeneuve foi o sétimo colocado com a BMW Sauber, seguido pelo alemão Ralf Schumacher, da Toyota.

A Williams foi a decepção da corrida. O australiano Mark Webber e o alemão Nico Rosberg, revelação do início de temporada, largaram na segunda fila, mas abandonaram após quebra do motor Cosworth.

O finlandês Kimi Raikkonen voltou a ter falta de sorte. Ainda na primeira volta, o piloto da McLaren teve um estranho problema na suspensão de seu carro e bateu forte no guard-rail.

A terceira etapa da competição será realizada no dia 2 de abril, em Melbourne, na Austrália.


 

Redação Terra