Fórmula 1 2007

Fórmula 1 2007

Domingo, 21 de outubro de 2007, 21h49  Atualizada às 08h01

Após susto, Raikkonen tem título confirmado pela FIA

EFE

Após susto, Raikkonen pode comemorar título em paz
Busca
Saiba mais na Internet sobre:
Faça sua pesquisa na Internet:

Após surgir a informação de que a Williams e a BMW poderiam ser punidas após o GP do Brasil, a Ferrari comemora a conquista do título do finlandês Kimi Raikkonen no box da escuderia italiana, no circuito de Interlagos. A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) confirmou na noite desde domingo que o resultado do GP do Brasil será mantido, mas a McLaren já anunciou que irá recorrer da decisão.

Veja também:
» Fotos da corrida
» McLarens se complicam
e Raikkonen é campeão

» Mande uma mensagem
para o piloto finlandês

Especiais:
» Saiba tudo sobre o novo campeão da categoria
» Veja fotos de Raikkonen
» Baixe o pôster do campeão
» Virada histórica do finlandês
» Raikkonen foi aposta de rival

Os carros das equipes BMW e Williams estavam sob investigação da entidade por suposto uso de combustível irregular na última corrida do ano. Caso ocorresse punição, o inglês Lewis Hamilton, da McLaren, herdaria o título de Raikkonen.

Nico Rosberg, Robert Kubica e Nick Heidfeld, das equipes acima citadas, terminaram o GP do Brasil entre a quarta e a sexta colocação, respectivamente.

Caso dois deles fossem desclassificados, Hamilton, sétimo em Interlagos, somaria mais dois pontos e ultrapassaria Raikkonen no Mundial de Pilotos.

A McLaren decidiu recorrer da decisão, mas o Comitê de Apelação terá de aceitar o pedido para que a data de um novo julgamento seja marcada.

Os motivos da investigação foram a temperatura do combustível usada nos carros, que estaria abaixo do permitido pelo regulamento. De acordo com a FIA, a gasolina deve estar no máximo 10ºC abaixo da ambiente.

O regulamento proíbe que a gasolina seja resfriada porque seu volume diminui com a temperatura e o frio melhora as propriedades de combustível.

Com informações da agência AFP.

Redação Terra