Fórmula 1 - 2008

› Esportes › Automobilismo › Fórmula 1 - 2008

Fórmula 1 - 2008

Quinta, 3 de abril de 2008, 11h55 Atualizada às 12h41

Rosberg condena atitude de Max Mosley

O alemão Nico Rosberg, da Williams, foi o primeiro piloto da Fórmula 1 a falar sobre o escândalo envolvendo o presidente da Federação Internancional de Automobilismo (FIA), Mas Mosley. Rosberg não se dirigiu diretamente ao inglês, mas foi enfático.

» Veja as fotos da F-1
» Dê uma volta no circuito do Bahrein
» Montadoras pressionam FIA após escândalo sexual
» Antes de GP, Heidfeld brinca com falcão

"Nós somos pilotos de corrida e devemos tentar dar sempre bons exemplos, pois muitas pessoas estão nos assistindo", afirmou Nico.

Para ele, casos como o de Mosley podem afetar a imagem da F-1.

"É importante pensar nas outras pessoas, pessoas jovens especialmente. Jovens pilotos estão chegando, você precisa dar bons exeplos", comentou.

Ex-chefe da extinta equipe BAR, David Richards, foi mais duro. Ele comentou a carta enviada por Mosley às escuderias que protestaram contra ele, hoje.

"A reação serve para mostrar que ele está fora do mundo real", disse Richards.

Lancepress!

Reuters
Mecânicos preparam pneus da Fórmula 1 para o Grande Prêmio do Bahrein
Mecânicos preparam pneus da Fórmula 1 para o Grande Prêmio do Bahrein

Enquete

  • Quem será o pole position no GP do Bahrein?
  • Felipe Massa
  • Fernando Alonso
  • Heikki Kovalainen
  • Kimi Raikkonen
  • Lewis Hamilton
  • Nick Heidfeld
  • Robert Kubica
  • Outro
  • Busque outras notícias no Terra