Fórmula 1 - 2008

› Esportes › Automobilismo › Fórmula 1 - 2008

Fórmula 1 - 2008

Terça, 1 de julho de 2008, 15h54 Atualizada às 15h55

Stewart: Senna não teria vencido tanto sem Prost

Três vezes campeão da Fórmula 1, Jackie Stewart deu uma opinião polêmica durante um evento de um patrocinador da Williams nesta terça-feira. De acordo com o veterano, o tricampeão mundial Ayrton Senna não teria sido tão grande na Fórmula 1 se não tivesse sido companheiro de Alain Prost na McLaren.

» Ferrari confirma que trocará motor de Raikkonen
» Hamilton ainda confia em chances de título

"Alguns pilotos são muito rápidos, mas não absorvem tantas informações sobre como fazer o carro trabalhar da melhor maneira possível. Na minha opinião, Prost é um dos melhores de todos os tempos porque fazia o carro trabalhar para ele e para Senna. Não acho que Senna teria vencido tanto se Prost não estivesse lá", comentou o escocês.

Grandes rivais, Senna e Prost dividiram o paddock da McLaren por duas temporadas (1988 e 1989), com um título para cada. Em 1990, o francês foi para a Ferrari, por onde permaneceu por dois anos. Ele optou por um período sabático em 1992, mas voltou no campeonato seguinte para conquistar o seu quarto título mundial, pela Williams.

Stewart, porém, também reconheceu os méritos do brasileiro. "O que Prost fez para a McLaren ajudou muito Senna, que era um piloto mais livre, com um feeling, habilidade e técnica superior. Mas o Prost tornou isso possível. É só você olhar a câmera onboard e ver os movimentos: dificilmente a roda se movia com Prost", analisou.

Gazeta Press

Busque outras notícias no Terra