Fórmula 1 - 2008

› Esportes › Automobilismo › Fórmula 1 - 2008

Fórmula 1 - 2008

Domingo, 7 de setembro de 2008, 10h27 Atualizada às 19h41

Hamilton é punido, Raikkonen bate e Massa herda vitória

O brasileiro Felipe Massa herdou a primeira posição do inglês Lewis Hamilton e foi considerado vencedor do Grande Prêmio da Bélgica de Fórmula 1, disputado no circuito de Spa-Francorchamps. O piloto da Ferrari terminou a prova atrás do concorrente da McLaren, mas acabou ficando com a vitória após uma punição do rival e esquentou a briga pelo título da temporada.

» Veja mais fotos da F-1
» ESPN 360: punição de Hamilton dá vitória a Felipe Massa no GP da Bélgica
» Barrichello abandona prova e já sonha com 2009
» Comente o resultado

Nas últimas duas voltas, Lewis Hamilton fez um duelo acirrado pela primeira posição com o finlandês Kimi Raikkonen, também da Ferrari. Após ocupar a liderança praticamente por toda a corrida, Raikkonen viu a chuva apertar e Hamilton pressionar. A briga seguiu acirrada pelos metros seguintes e o inglês ultrapassou o finlandês, mas acabou rodando.

Mesmo com o erro, o líder do campeonato voltou para a pista na liderança e viu o adversário finlandês perder o controle do carro e parar no muro. Hamilton conseguiu levar a McLaren até o fim e cruzar a linha de chegada em primeiro, mas depois da corrida, acabou punido pelos comissários - eles julgaram que o inglês ultrapassou Raikkonen de modo ilegal e acrescentaram 25 segundos no tempo final de prova do piloto.

Quem acabou beneficiado com tudo isso foi o brasileiro Felipe Massa. Longe da ponta, o piloto da Ferrari conseguiu levar seu carro até o fim, sem sobressaltos, e cruzou a linha na segunda posição. Com a punição de Hamilton, porém, acabou herdando a vitória e diminuindo a diferença entre os dois na temporada.

Outro que se deu bem com a punição a Hamilton foi o alemão Nick Heidfeld. O piloto da BMW, que terminou a prova, na pista, em terceiro, também superou o inglês depois do acréscimo ao tempo do concorrente e ficou com a segunda posição. Lewis Hamilton ficou apenas com o terceiro posto.

Com a vitória na Bélgica, Felipe Massa diminuiu para apenas dois pontos a vantagem de Lewis Hamilton na liderança da temporada. O brasileiro, agora, possui 74 pontos, contra 76 do inglês. Já Kimi Raikkonen, sem pontuar, permanece com 57 pontos ganhos e vê Robert Kubica, da BMW, tomar a terceira posição na classificação geral, com 58.

Os outros brasileiros da F-1, Rubens Barrichello, da Honda, e Nelsinho Piquet, da Renault, não conseguirarm completar a prova. O veterano teve um problema no câmbio e abandonou. Já Nelsinho, com a pista úmida, rodou logo na 13ª volta e foi de encontro aos pneus.

A surpresa ficou para o espanhol Fernando Alonso, da Renault. Após largar na sexta colocação, o bicampeão do mundo conseguiu terminar a prova em quarto lugar e levar cinco pontos para casa.

Confira a classificação do GP da Bélgica, já levando em consideração as punições dadas depois da prova:

1. Felipe Massa - Ferrari
2. Nick Heidfeld - Sauber - a 9s383
3. Lewis Hamilton - McLaren - a 10s539
4. Fernando Alonso - Renault - a 14s478
5. Sebastian Vettel - Toro Rosso - a 14s576
6. Robert Kubica - BMW - a 15s037
7. Sébastien Bourdais - Toro Rosso - a 16s735
8. Mark Webber - Red Bull) - a 42s776
9. Timo Glock - Toyota - a 1m05s045
10. Heikki Kovalainen - McLaren - a uma volta
11. David Coulthard - Red Bull) - a uma volta
12. Nico Rosberg - Williams - a uma volta
13. Adrian Sutil - Force India - a uma volta
14. Kazuki Nakajima - Williams - a uma volta
15. Jenson Button - Honda - a uma volta
16. Jarno Trulli - Toyota - a uma volta
17. Giancarlo Fisichella - Force India - a uma volta
18. Kimi Raikkonen - Ferrari - a duas voltas
19. Rubens Barrichello - Honda - a 25 voltas
20. Nelsinho Piquet - Renault - a 31 voltas

Redação Terra

AFP
Hamilton cruzou a linha de chegada em 1º, mas Massa ficou com a vitória
Hamilton cruzou a linha de chegada em 1º, mas Massa ficou com a vitória

Busque outras notícias no Terra