Fórmula 1 - 2008

› Esportes › Automobilismo › Fórmula 1 - 2008

Fórmula 1 - 2008

Domingo, 2 de novembro de 2008, 16h49 Atualizada às 23h07

Hamilton deixa trauma para trás e se redime em 2008

Ele começou a carreira aos oito anos, participando da primeira competição de kart dois anos mais tarde. Após se destacar, Lewis Hamilton assinou com a McLaren, passando a integrar o programa da escuderia desenvolvido para dar suporte a jovens pilotos e tornando-se pupilo de Ron Dennis.

Veja também:
» Veja fotos do GP do Brasil
» Assista ao vídeo: Hamilton fatura título
» Assista ao vídeo: conheça a trajetória
» Massa vence; Hamilton é campeão
» Veja a classificação final da temporada
» Comente o GP do Brasil

Confira os especiais:
» Baixe wallpaper de Lewis Hamilton
» Veja fotos ampliadas de Hamilton
» Hamilton supera algoz e se torna
o mais jovem campeão da história

» Brasil mantém jejum de títulos na F-1
» Mande mensagem a Hamilton

Campeão na Fórmula Renault Inglesa, Fórmula 3 Européia e GP2, o britânico chegou à Fórmula 1 no ano passado com a tarimba de um promissor piloto. Neste domingo, ele confirmou as apostas, tornando-se campeão da principal categoria do automobilismo e deixando para trás o trauma de ter errado nas provas finais da temporada passada, ao perder o Mundial para o finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, por apenas um ponto de diferença.

Em 2007, o piloto da McLaren assumiu a liderança do Mundial na quarta corrida do calendário, o Grande Prêmio da Espanha. Na etapa seguinte, Alonso venceu em Mônaco e chegou à mesma pontuação que o britânico. No Canadá, Hamilton chegou à primeira vitória na categoria e então se manteve na ponta até o GP do Japão, o 15º compromisso da Fórmula 1 no ano. Com 107 pontos, 12 a mais que Alonso, o segundo colocado, ele chegou às últimas duas provas com o título praticamente assegurado. Mas a inexperiência deu as caras, e o britânico errou em ambas.

Liderando a etapa chinesa de Xangai, a penúltima do ano, com vantagem sobre Kimi Raikkonen, Hamilton fazia sucessivas voltas mais rápidas até que, com problema nos pneus, demorou para entrar nos boxes e trocá-los. Perdendo tempo na pista, ele foi ultrapassado pelo finlandês e viu-se obrigado a abandonar a prova. Com a vitória do ferrarista e a segunda colocação de Fernando Alonso, o britânico adiou para o Brasil a conquista do título.

Em Interlagos, uma segunda colocação no grid de largada no treino classificatório, aliada à pole position do brasileiro Felipe Massa, davam a impressão de que ele poderia de fato confirmar a excelente temporada de estréia à frente na classificação final. Antes da primeira curva da saída, contudo, Hamilton foi ultrapassado por Raikkonen e, pressionado por Alonso, caiu para a quarta posição.

Na tentativa do troco na curva seguinte, ele não teve sucesso na manobra e parou na grama, voltando na oitava colocação. Uma pane ainda atrapalharia a recuperação do jovem piloto, que, mesmo assim, conseguiu sair do 18º posto para cruzar a linha de chegada como sétimo, mas vendo Raikkonen ultrapassar Massa nos boxes e levar o título.

Hoje, no mesmo cenário de 2007, o mais maduro e concentrado piloto da McLaren não deu espaço para erros. O inglês foi conservador, como era de se esperar, e trabalhou na prova com a vantagem que obteve durante todo o campeonato, concluindo o circuito de Interlagos na quinta posição, com Massa em primeiro.

Redação Terra

EFE
Inglês da McLaren leva a melhor sobre o brasileiro Felipe Massa
Inglês da McLaren leva a melhor sobre o brasileiro Felipe Massa

Enquete

  • Quem é o maior vilão pela perda do título de Massa?
  • Motor Ferrari - GP da Hungria
  • "Pirulito" da Ferrari - GP de Cingapura
  • Timo Glock
  • Busque outras notícias no Terra