Fórmula 1 - 2008

› Esportes › Automobilismo › Fórmula 1 - 2008

Fórmula 1 - 2008

Domingo, 2 de novembro de 2008, 16h48 Atualizada às 23h05

Massa vence GP do Brasil; Hamilton é campeão

Precisando de uma combinação de resultados para ser campeão, Felipe Massa cumpriu o seu programa e venceu, pela segunda vez em três anos, o GP do Brasil, neste domingo, em Interlagos, em São Paulo. Porém, o título da temporada 2008 da Fórmula 1 é do inglês Lewis Hamilton, que com uma prova cautelosa e um susto nas últimas voltas, terminou em quinto lugar na última curva, o suficiente para estragar a festa brasileira.

» Veja fotos do GP do Brasil
» Assista ao vídeo
» Assista ao vídeo: conheça a trajetória
» Veja a classificação final de 2008 na F-1
» Veja como foi o GP do Brasil
» Comente a vitória de Massa em Interlagos

Veja também:
» Saiba mais sobre Lewis Hamilton
» Veja fotos ampliadas de Hamilton
» Hamilton supera algoz e se torna
o mais jovem campeão da história

» Brasil mantém jejum de títulos na F-1
» Hamilton deixa trauma para trás e se redime
» Mande mensagem a Hamilton

A duas voltas do final, debaixo de chuva, Hamilton caiu para a sexta colocação com a ultrapassagem sofrida para o alemão Sebastian Vettel, o que lhe tiraria o título. Porém, na volta final, outro alemão, Timo Glock, que ainda estava com pneus para pista seca, perdeu a posição para o inglês. O espanhol Fernando Alonso, da Renault, foi o segundo e o finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, o terceiro.

Hamilton chegou ao GP do Brasil com sete pontos de vantagem e encerra a temporada com apenas um (98 a 97) em relação ao rival, que perde a chance de se tornar o quarto brasileiro campeão da categoria. Os tricampeões Ayrton Senna e Nelson Piquet e o bicampeão Emerson Fittipaldi seguem como únicos vencedores no País.

Com o título, Hamilton entra na história como o mais novo vencedor da categoria. No dia de sua conquista, o inglês soma exatamente 23 anos, 9 meses e 26 dias, cerca de três meses a menos do que a idade do espanhol Fernando Alonso na conquista de seu primeiro título, em 2005: 24 anos, 1 mês e 27 dias.

Fora isso, a Inglaterra tem dois motivos para festejar ainda mais. Há 12 um piloto do país não vencia o título da categoria: o último foi Damon Hill, com a Williams, em 1996. Já a McLaren, que tem sede na Inglaterra, não ganhava o titulo do Mundial de Pilotos desde 1999, com o finlandês Mika Hakkinen.

Hamilton também apaga a pecha de falhar nos momentos decisivos, adquirida após as corridas finais da temporada de 2007. Com grande vantagem, o inglês permitiu a aproximação dos rivais e viu Raikkonen comemorar com a Ferrari o título em São Paulo.

Para a escuderia italiana, fica o gosto amargo. Durante a temporada, a equipe acumulou erros, dos quais o mais notável ocorreu no GP de Cingapura, quando a mangueira de reabastecimento ficou presa no carro e prejudicou a prova de Massa.

Como consolação, a Ferrari ficou com o título do Mundial de Construtores, somando 172 pontos contra 151 da McLaren.

As emoções em Interlagos começaram antes da largada. Quando os carros já estavam perfilados à espera do sinal verde, um temporal atrasou o início em dez minutos, tempo para as equipes colocarem os pneus de chuva.

Já sem chuva, a largada não alterou as quatro primeiras posições. O finlandês Heikki Kovalainen serviu de escudo para Hamilton, que manteve a quarta colocação, com o italiano Jarno Trulli e Kimi Raikkonen entre ele e o líder Massa.

O brasileiro Nelsinho Piquet, da Renault, rodou e se despediu sem completar voltas no seu 1º GP em casa. O mesmo ocorreu com o escocês David Coulthard, que encerrou a carreira com um acidente envolvendo também o japonês Kazuki Nakajima.

Com a pista em processo de secagem, os pilotos anteciparam a parada nos boxes. Com trocas de pneus em voltas distintas, Massa manteve a ponta, mas Hamilton perdeu posições e foi para sétimo. Só que nas voltas seguintes o inglês ganhou as posições de Trulli, que saiu da pista, e do Giancarlo Fisichella, com uma ultrapassagem.

Apesar da ameaça de chuva, as equipes optaram pela manutenção do pneu para pista seca na segunda rodada de parada dos boxes. Após todos os pit stops, nenhuma mudança ocorreu nas cinco primeiras posições, o que deixava Hamilton na posição limite na levar o título sem depender de Massa.

As voltas eram completadas, a chuva não caía e Hamilton seguia sua conduta cautelosa. Sem arriscar ultrapassagens, o inglês ainda tinha o seu companheiro de equipe como escudo na sexta colocação. A situação melhorou ainda mais para a McLaren quando o alemão Sebastian Vettel parou e perdeu lugar para Hamilton.

A cinco voltas do final, a chuva apertou e os carros voltaram aos boxes. O alemão Timo Glock, da Toyota, não parou e ganhou a posição de Hamilton, que voltou a ficar na quinta posição, o limite para ser campeão. Só que a duas voltas do final Vettel aprontou ao ultrapassar o inglês e, momentaneamente, dar o título a Massa.

Só que a sorte estava ao lado do campeão. Com a pista molhada, Glock perdeu a velocidade e foi ultrapassado por Hamilton e Vettel a poucos segundos do final, frustrando a torcida brasileira que já comemorava o título. A festa voltou a ser inglesa.

Confira a classificação final do GP do Brasil:

1- Felipe Massa (BRA/Ferrari) - 1min27s721
2- Fernando Alonso (ESP/Renault) - a 13s2
3- Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) - a 16s2
4- Sebastian Vettel (ALE/Toro Rosso) - a 38s
5- Lewis Hamilton (ING/McLaren) - a 38s9
6- Timo Glock (ALE/Toyota) - a 44s3
7- Heikki Kovalainen (FIN/McLaren) - a 55s
8- Jarno Trulli (ITA/Toyota) - a 68s4
9- Mark Webber (AUS/Red Bull) - a 79s6
10- Nick Heidfeld (ALE/BMW) - a 1 volta
11- Robert Kubica (POL/BMW) - a 1 volta
12- Nico Rosberg (ALE/Williams) - a 1 volta
13- Jenson Button (ING/Honda) - a 1 volta
14- Sébastien Bourdais (FRA/Toro Rosso) - a 1 volta
15- Rubens Barrichello (BRA/Honda) - a 1 volta
16- Adrian Sutil (ALE/Force India) - a 2 voltas
17- Kazuki Nakajima (JAP/Williams) - a 2 voltas
18- Giancarlo Fisichella (ITA/Force India) - a 2 voltas
19- Nelsinho Piquet (BRA/Renault) - abandonou
20- David Coulthard (ESC/Red Bull) - abandonou

Redação Terra

AP
Lewis Hamilton agita bandeira inglesa; piloto conquista título na última curva
Lewis Hamilton agita bandeira inglesa; piloto conquista título na última curva

Enquete

  • Quem é o maior vilão pela perda do título de Massa?
  • Motor Ferrari - GP da Hungria
  • "Pirulito" da Ferrari - GP de Cingapura
  • Timo Glock
  • Busque outras notícias no Terra