3 eventos ao vivo

Klever Kolberg leva etanol brasileiro ao Rally Dakar de 2010

15 dez 2009
17h52
atualizado às 20h18

Com mais de 20 edições de Rally Dakar no currículo, o piloto brasileiro Klever Kolberg irá conduzir o carro da Mitsubishi Pajero Sport Flex ao lado de Giovanni Godoi, podendo entrar para a história do país por um grande feito a se realizar nos âmbitos da tecnologia e da sustentabilidade.: Kolberg dirigirá o primeiro carro movido a etanol, extraído da cana de açúcar brasileira, desde o início da competição, em 1979.

» Reserva da Virgin, Razia espera aprendizado em 2010
» Com carro emprestado, Massa volta a guiar Ferrari
» Da Matta volta a pilotar e pode disputar Fórmula Truck
» "Massa é um exemplo", elogia Lucas di Grassi

Ele foi também o primeiro brasileiro e correr na categoria, cuja edição da prova ocorreu na cidade de Paris em 1988. O piloto comemorou a oportunidade de representar o país em um momento tão importante.

"É o maior envio de tecnologia do Brasil para o Dakar", avaliou Kolberg. "Afinal, o combustível é 100% nacional, o carro é feito aqui, o sistema flex foi desenvolvido e fabricado no País, os pneus são produzidos aqui e toda a preparação do carro foi feita em nossa oficina", explicou o experiente corredor, que aproveitou para fazer campanha a favor da sustentabilidade, tema cada vez mais recorrente na sociedade brasileira.

"Chega de adiar, está na hora de cada um fazer a sua parte. E vamos aproveitar a visibilidade mundial do Dakar para divulgar os benefícios ao meio ambiente do uso do etanol da cana de açúcar como combustível e a eficiência e confiabilidade da tecnologia flex, que há seis anos mudou totalmente o comportamento do consumidor brasileiro e está pronta para ser adotada por qualquer país. O planeta agradece", completou o entusiasmado piloto.

A atual edição da prova acontecerá na América do Sul. A largada será no dia 1º de janeiro, em Buenos Aires, na Argentina. Em seguida, os carros atravessarão a Cordilheira dos Andes e o Deserto do Atacama, no Chile, até que retornem nove mil quilômetros depois à capital portenha, no dia 17 do mesmo mês.

Brasil terá carro movido a etanol no Rally Dakar
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade