inclusão de arquivo javascript

Automobilismo

 
 

"Jamais pensei ter cometido alguma irregularidade em Interlagos", diz Vettel

19 de dezembro de 2012 17h02

O alemão Sebastian Vettel, campeão mundial de Fórmula 1 pelo terceiro ano consecutivo, revelou que em nenhum momento pensou ter cometido alguma irregularidade no GP do Brasil, a última corrida da temporada, fazendo referência a uma polêmica por conta de uma possível ultrapassagem enquanto os pilotos estavam sob bandeira amarela.

"Para ser sincero, jamais pensei que tivesse cometido uma irregularidade. Embora tenha sido uma corrida cheia de incidentes, vi todas as bandeiras e suas cores", declarou Vettel em entrevista publicada na página oficial da FIA.

"Só me inteirei de que a Ferrari estava tramando algo quando Christian (Horner) - diretor da equipe Red Bull - me chamou e disse que obviamente a Ferrari não estava feliz com o resultado da corrida", acrescentou.

Três dias depois da prova de Interlagos, onde Vettel terminou em sexto e conquistou o título com três pontos de vantagem sobre o espanhol Fernando Alonso, a equipe Ferrari pediu esclarecimentos ao presidente da FIA, Jean Todt, sobre as circunstâncias no momento da ultrapassagem de Vettel sobre Jean Eric Vergne, segundo alguns meios de imprensa enquanto ainda estava sob bandeira amarela.

"Uma vez que a FIA revisou cada polegada do vídeo, a Ferrari não quis apresentar qualquer tipo de protesto mas, acreditem ou não, soube desde a bandeira quadriculada que não tinha feito nenhum movimento ilegal", afirma Vettel.

A FIA comunicou que não havia nenhum motivo para que a Ferrari apresentasse um protesto porque a ultrapassagem de Vettel na quarta volta aconteceu sob bandeira verde. EFE

jad/ff

EFE
EFE - Agência EFE - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da Agência EFE S/A.