inclusão de arquivo javascript

Automobilismo

 
 

Presidente da Ferrari diz que Vettel seria bom nome para substituir Alonso

20 de dezembro de 2012 10h09

Maranello (Itália) O italiano Luca di Montezemolo, presidente de Ferrari, admitiu nesta quinta-feira que o alemão Sebastian Vettel, da Red Bull, seria, no futuro, o substituto ideal do espanhol Fernando Alonso, descartando formar uma dupla com os dois campeões.

O dirigente falou sobre o futuro da equipe na sede da equipe italiana, na cidade de Maranello, durante confraternização de membros da equipe com representantes da imprensa internacional. "Vettel é um bom menino, que quer ganhar e não é arrogante. Desde que pilotava karts, já me dizia Michael (Schumacher), que era o que mais potencial tinha entre todos os jovens", comentou Montezemolo.

Para os jornalistas, o italiano detalhou em que situação tentaria trazer o atual tricampeão mundial de Fórmula 1. "Se amanhã Alonso me dissesse que está cansado e que prefere ir para o Havaí com a namorada, chamaria Vettel. O melhor é Alonso. Mas se me perguntarem dos demais, ficaria com Vettel".

O presidente da Ferrari, no entanto, garantiu que não pretende ver Alonso fora da sua equipe. "Quero deixar uma coisa muito clara, para que ninguém escreva o contrário: estou muito feliz, duplamente feliz com Fernando Alonso. Ele não é só um piloto, é uma peça chave da equipe. O queremos em 2013, em 2014 e em 2015", explicou. EFE

arh/bg

EFE
EFE - Agência EFE - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da Agência EFE S/A.