0

Após saída de LeBron, Shaq pode servir de moeda de troca para Cavs

14 jul 2010
17h02
atualizado às 18h17

Após o desamparo gerado pela saída do maior astro, o ala LeBron James, o Cleveland Cavaliers precisa urgentemente renovar o seu elenco. A medida a ser tomada, no entanto, surpreende os torcedores e fãs do basquete no geral. A equipe pretende utilizar ninguém menos que Shaquille O'Neal como moeda de troca em uma negociação com o Atlanta Hawks.

A imprensa norte-americana afirma que os Hawks têm interesse na contratação do pivô de 38 anos, que já há algum tempo vive a fase descendente da carreira, sofrendo com lesões e má forma física, mas que ainda atrai fãs. O jogador também veria com bons olhos a saída de Cleveland, o que poderia facilitar uma possível negociação com o Atlanta.

Para compensar, os Cavs querem realizar a troca de O'Neal com o ala dos Hawks, Marvin Williams. O time do brasileiro Anderson Varejão teria que arcar com o salário de 6,7 milhões de dólares que o atleta tem para receber no último ano de contrato com sua equipe.

O principal problema para a concretização do acordo é o salário de O'Neal, conhecidamente alto. Os Hawks teriam pouco espaço na folha salarial para o experiente jogador, visto que ofereceu o contrato máximo para o armador Joe Johnson permanecer na equipe. Agora, ele receberá US$ 124 milhões pelas próximas seis temporadas.

Na última temporada, o ex-jogador de Orlando Magic, Los Angeles Lakers, Miami Heat e Phoenix Suns recebeu US$ 20 milhões, mas sabe que precisará abaixar sua pedida para continuar atuando em qualquer equipe.

Os Hawks pensaram em alternativas: os agentes livres Brad Miller, do Chicago Bulls, e Kurt Thomas, do Milwaukee Bucks, ambos pivôs. Já os Cavs pensam em formar rapidamente o elenco, que já perdeu o lituano Zydrunas Ilgauskas, que seguiu LeBron James e foi para o Miami Heat. O argentino Luís Scola, do Houston Rockets, foi sondado, mas a equipe não deverá aceitar propostas pelo sul-americano.

O pivô pode jogar pelo quinto time na carreira, na NBA
O pivô pode jogar pelo quinto time na carreira, na NBA
Foto: AP
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade