0

Basquete

Banido da NBA por álcool e drogas, ex-ala morre aos 50 anos

Mike Powell / Getty Images
10 jan 2015
01h38
atualizado às 07h51
  • separator
  • comentários

O mundo da NBA está de luto nesta sexta-feira depois da divulgação da morte do ex-ala-pivô do Dallas Mavericks, Roy Tarpley, de 50 anos, que teve uma brilhante carreira profissional interrompida por problemas com álcool e drogas.

A informação foi confirmada pelo legista do Condado de Tarrant, ao qual pertence a cidade de Dallas, mas sem especificar as causas da morte de Tarpley, que estava internado em um hospital de Arlington, no Texas.

Tarpley foi o sexto selecionado na primeira rodada do draft de 1986 e alcançou o prêmio de Melhor Sexto Homem do Ano em sua segunda temporada como profissional.

No entanto, essa foi sua última temporada completa antes de ser suspenso pelo consumo de drogas. O jogador acabou sendo banido da liga após várias detenções, por dirigir embriagado e violar a política antidoping da NBA.

Tarpley conseguiu média de 12,6 pontos e dez rebotes nos 280 jogos que disputou como profissional. Seu grande momento foi na temporada 1987-1988, quando ajudou o Dallas a chegar às finais da Conferência Oeste, que foram vencidas pelo Los Angeles Lakers.

Foto: Stephen Dunn / Getty Images

Roy Tarpley jogou contra Kareem Abdul-Jabbar, uma das lendas da NBA (Getty Images)

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade