7 eventos ao vivo

Com vaga olímpica encaminhada, basquete dá sequência aos treinos

22 jun 2015
13h50
  • separator
  • 0
  • comentários

Os comandados de Ruben Magnano voltaram à preparação para o Pan-Americano de Toronto com a boa notícia de que a vaga para os Jogos Olímpicos já está encaminhada. Para não depender do Pré-Olímpico, a Seleção Brasileira depende do pagamento da dívida da Confederação Brasileira de Basquete (CBB) à Federação Internacional (Fiba), referente ao convite do Mundial da Espanha.

Otimista, a entidade máxima do basquete brasileiro explicou que atendeu a todas as exigências da Fiba e aguarda uma "resposta formal", mas confia que o fato de o Brasil ser o país-sede dos Jogos, somado aos bons resultados recentes da equipe verde-amarela, sejam fatores a favor da concessão da vaga direta.

"A Confederação Brasileira de Basketball atendeu a todas as solicitações de informações feitas pela FIBA, o que incluiu uma proposta de equacionamento dos débitos pendentes. A proposta apresentada pela CBB, para a qual aguardamos uma resposta formal, respeitou a sua capacidade financeira e conta com garantias reais para o pagamento. Entretanto, confiante na histórica posição da FIBA em relação à qualificação automática do país sediante para participar de Jogos Olímpicos e na força do basquetebol brasileiro, demonstrada pelos resultados dos últimos anos e refletida no ranking da própria FIBA, a CBB mantém seu planejamento para os anos de 2015 e 2016, cujo foco é a preparação de suas seleções para os Jogos Olímpicos Rio 2016", disse a entidade em comunicado.

Caso o pior aconteça e a Fiba negue o convite à Seleção Brasileira, será necessário que o time chegue à decisão da Fiba Américas, Pré-Olímpico da modalidade, a ser disputada entre 31 de agosto e 12 de setembro em Monterrey, no México. Antes disso, os convocados de Magnano embarcam para o Canadá para o Pan-Americano.

Após folga no fim de semana, a Seleção voltou aos trabalhos na manhã desta segunda. Um grupo de atletas foi submetido a uma série de testes físicos e avaliações no Núcleo de Alto Rendimento Esportivo de São Paulo (NAR), enquanto outro grupo fez atividades no ginásio do Paulistano. Magnano fará um treino com toda a equipe no fim do dia, a partir das 18h, no Sírio.

No Pan, o Brasil figura no grupo A ao lado de Porto Rico, Venezuela e Estados Unidos. Com um elenco bem diferente do que disputou o Mundial da Espanha no ano passado e sem as estrelas da NBA como Tiago Splitter, Nenê e Leandrinho, os brasileiros seguem o treinamento até o dia 10 de julho, quando embarcam para o Canadá. A estreia será no dia 21 de julho, diante dos portorriquenhos.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade