0

Consistente, Brasil bate Grécia e conquista torneio amistoso

28 jun 2012
23h11
atualizado em 29/6/2012 às 00h43

No confronto mais difícil do Torneio Eletrobras de Basquete, a Seleção Brasileira demonstrou evolução em partida contra a Grécia nesta quinta-feira, no Ginásio Milton Olaio Filho, em São Carlos. Com atuação consistente, os comandados do técnico argentino Rubén Magnano superaram os europeus, venceram por 78 a 71 e conquistaram o título da competição amistosa no interior paulista.

» Brigas e dramas: relembre grandes momentos olímpicos
» Beckham ou Neymar? Vote em quem brilhará mais nos Jogos de Londres

Em duelo equilibrado, o Brasil terminou o quarto inicial com dois pontos de vantagem sobre o adversário, com 18 a 16 no placar. Os gregos reagiram no segundo tempo, tomaram a frente no marcador e foram para o intervalo com 39 a 36. O jogo no terceiro período permaneceu equilibrado, mas a Seleção deslanchou no fim e consolidou o triunfo nos últimos dez minutos com os arremessos de três do cestinha Marcelinho Machado.

Como também derrotou a Nova Zelândia e a Nigéria, a Seleção Brasileira ficou com o título da competição realizada na terra natal do pivô Nenê. Os gregos venceram as duas partidas anteriores e terminaram em segundo lugar. No duelo que abriu a rodada desta quinta, nigerianos derrotaram os neozelandeses por 74 a 66 e deixam o torneio com um triunfo.

Ainda sem Leandrinho, que teve o seguro feito pela Confederação Brasileira de Basquete (CBB) - mas está fora da competição em São Carlos -, as estrelas brasileiras tiveram mais tempo de quadra nesta quinta-feira. Mesmo com dois pontos, o armador Marcelinho Huertas atuou por 22 minutos e teve participação discreta. Sem o jogo de garrafão, Nenê foi discreto na pontuação ao marcar cinco pontos e pegar três rebotes nos 18 minutos em que jogou.

Com poucos segundos a mais em quadra, o outro pivô de Magnano, Thiago Splitter, demonstrou maior desenvoltura - principalmente por ter atuado até as finais de Conferência da NBA - e marcou nove pontos, além de ser o principal reboteiro do duelo com nove bolas. Anderson Varejão teve a mesma pontuação de Splitter e com quatro rebotes, mas em 16 minutos em quadra.

Com a pontaria afiada, o veterano Marcelinho Machado terminou a partida como cestinha. O camisa 4 teve aproveitamento de 83% de arremessos da linha dos três, sua especialidade, e anotou 22 pontos na partida. Marquinhos teve outra boa exibição na competição amistosa e se candidata a ser um dos titulares de Magnano em Londres. Nesta quinta, foram 17 pontos.

Pelo lado grego, o armador Vassilis Spanoulis não manteve a mesma atuação das demais partidas, mas fez um jogo sólido ao anotar 11 pontos e dar sete assistências. O principal cestinha da Grécia foi o ala-pivô Georgios Pintezis com 15 pontos, seguido pelo ala Kostas Papanikolau com 11 pontos nesta quinta-feira.

A Grécia está no Brasil para se preparar para o Pré-Olímpico Mundial que acontecerá na Venezuela, a partir do dia 2 de julho. Os europeus estão no Grupo A ao lado de Porto Rico e Jordânia. No total, doze seleções disputam as últimas três vagas para os Jogos Olímpicos de Londres. O torneio de basquete masculino tem início no dia 29 de julho.



Americano naturalizado brasileiro Larry Taylor carrega a bola para se desvincilhar de marcador grego
Americano naturalizado brasileiro Larry Taylor carrega a bola para se desvincilhar de marcador grego
Foto: Be Caviquioli / Futura Press
Fonte: Terra
publicidade