0

Delonte West assume culpa em acusação de porte de armas

15 jul 2010
20h27
atualizado às 20h43

O armador Delonte West, do Cleveland Cavaliers, assumiu culpa em uma acusação sobre porte de armas, em julgamento ocorrido nesta quinta-feira. Em setembro do ano passado, o jogador foi parado por uma blitz em Maryland. Na ocasião, portava duas pistolas, uma metralhadora e uma faca.

Acompanhado pela mãe, namorada e tio, West contou ao juiz que está profundamente envergonhado com o caso e com medo de ter influenciado negativamente a juventude que se inspira nos atletas. Apesar do arrependimento, o armador foi condenado a oito meses de monitoração eletrônica, dois anos de condicional sem supervisão, 40 horas de serviço comunitário e acompanhamento psicológico.

Esportivamente, o porta-voz da NBA, Tim Frank, afirmou em nota oficial que a entidade vai estudar a decisão do juiz antes de aplicar alguma medida disciplinar.

West luta contra um distúrbio bipolar há anos, e sempre conversa com o psicólogo do Cavaliers após os treinos. Em outubro, sua mulher o acusou de violência doméstica.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade