3 eventos ao vivo

Heat e Lakers saem como favoritos da nova temporada da NBA

29 out 2012
20h04

A temporada 2012-2013 da NBA começa nesta terça-feira e terá como grandes favoritos o atual campeão Miami Heat, do astro LeBron James e o Los Angeles Lakers, que além de Kobe Bryant, trouxe reforços de peso como e o veterano canadense Steve Nash e o pivô Dwight Howard.

A liga profissional de maior prestígio no mundo terá um número recorde de brasileiros, com seis atletas do país inscritos.

Além de Leandrinho (Boston Celtics), Tiago Splitter (San Antonio Spurs), Anderson Varejão (Cleveland Cavaliers), Nenê (Washington Wizards), o Brasil terá dois novatos, Scott Machado (Houston Rockets) e Fab Melo (Boston Celtics).

O Celtics, time com mais títulos na história da NBA, será o primeiro a ter dois brasileiros no seu elenco.

O pivô Fab Melo, escolhido em 22ª posição na 'draft' deste ano após ter se destacado na Universidade de Syracuse, terá a companhia do experiente Leandrinho, que disputa sua décima temporada e acertou com o time de Boston no dia 17 de outubro depois de ter ficado sem contrato ao deixar o Indiana Pacers.

Leandrinho ainda não tem condições de jogo, mas Fab deve fazer sua grande estreia nesta terça-feira contra as estrelas do Miami Heat.

Além de LeBron James, Dwyane Wade, Chris Bosh, o 'Big Three' que levaram o Heat ao título na temporada passada, o time da Flórida conta com dois reforços de peso, Ray Allen, um dos melhores arremessadores da história da Liga, que havia atuado justamente no Celtics no ano passado, e o ala Rashard Lewis (ex-Washington Wizards).

O Lakers foi ainda mais ativo no mercado de transferências, ao contratar Steve Nash e Dwight Howard, duas superestrelas que se somam a Kobe Bryant e ao pivô espanhol Pau Gasol.

"Não conheço nenhum jogador tão assustador quanto Dwight no setor defensivo nem outro tão inteligente quanto Steve", afirmou Bryant, que sonha em igualar os seis títulos conquistados por Michael Jordan,

Se o técnico Mike Brown conseguir armar um time bem entrosado com tantos astros em quadra, o Lakers tem boas chances de ser campeão pela 17ª vez em sua história.

No entanto, os holofotes continuarão voltados para Lebron James. O ala de 27 anos aprendeu as lições do fracasso da final de 2011, quando teve uma atuação pífia e contra o Dallas Mavericks, e brilhou na decisão do ano passado ao liderar o Heat ao título na decisão com o Oklahoma City Thunder.

"Alcancei muitas metas, mas ainda não estou satisfeito. Temos potencial para melhorar ainda mais, isso pode dar medo", declarou 'King' James.

O técnico do Boston Celtics, Doc Rivers, espera mostrar nesta terça-feira que seu time tem potencial para acabar com a hegemonia do Heat na conferência leste. "Miami é o alvo. Sabemos atrás de quem estamos correndo, não a menor dúvida sobre isso", afirmou.

"Estamos na mira de todo mundo neste ano, todos querem ver o campeão cair", admitiu o treinador do Heat, Erik Spoelstra.

Esta temporada terá uma novidade com a mudança do Nets de Nova Jersey para o Brooklyn, em um projeto iniciado pelo cantor de rap Jay-Z, acionista do clube, que cresceu neste bairro de Nova York, berço do basquete de rua.

O ex-ala Charles Barkley, que virou comentarista na televisão americana, declarou que o Nets "tinha a melhor equipe de Nova York", só para apimentar ainda mais os clássicos com o tradicional Knicks.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade