10 eventos ao vivo

LeBron conta que sentia ódio de Cleveland na infância

17 ago 2010
23h03
atualizado às 23h51

Capa do mês de setembro da revista GQ, o ala/armador LeBron James recheou a matéria de declarações bombásticas. Além de confessar sentir mágoa do proprietário do Cleveland Cavaliers, sua ex-equipe, o atleta admitiu que, quando era criança, sentia ódio da cidade que o acolheu durante muitos anos.

LeBron causou polêmica ao trocar o Cleaveland Cavaliers pelo Miami Heat
LeBron causou polêmica ao trocar o Cleaveland Cavaliers pelo Miami Heat
Foto: Getty Images

Perguntado sobre as feridas expostas após sua transferência ao Miami Heat, LeBron afirmou um dia pretender voltar à antiga franquia e ser recepcionado com carinho. Mas, esse retorno pode ser dificultado pela presença do proprietário Dan Gilbert.

Ao ver seu pupilo - que, na temporada 10/11, tornou-se agente livre - desembarcando em Miami, o dirigente criticou o ex-camisa 23, chegando a classificá-lo de traidor.

"Se houvesse uma oportunidade de voltar e os fãs me recepcionar, seria ótimo. Eu sabia que muitas pessoas ficariam magoadas com minha decisão, mas alguns fatos me deixaram mais confiantes de que tomei a decisão certa", argumentou.

No entanto, o trecho mais polêmico da entrevista é quando o atleta, que morava na cidade de Akron, assume que na infância não gostava da cidade de Cleveland.

"Os moradores de Cleveland vinham de uma cidade maior e, por isso, nos olhavam com desprezo... Então nós de fato não gostávamos deles. Odiávamos Cleveland quando éramos pequenos. Há muita gente em Cleveland que ainda odiamos até hoje", completou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade