0

Magnano lamenta distração e pede mais jogadores e campeonatos

8 ago 2012
20h57
atualizado às 21h07
Marcelo do Ó
Direto de Londres

Depois de perder a vaga para a semifinal olímpica no basquete masculino para seu país natal, Rubén Magnano precisou de quase uma hora para se recompor e aparecer na zona mista. Mais do que explicar a queda diante da Argentina, o técnico da Seleção Brasileira falou sobre futuro e fez um apelo. "Precisamos ainda ter uma projeção maior, estabilizar e melhorar. Temos que acordar com vontade de jogar basquete".

» Vote na maior decepção brasileira nos Jogos de Londres
» Escolha o esporte e assista aos vídeos da Olimpíada de Londres
» Saiba tudo sobre os medalhistas do Brasil em Londres
» Veja como foram as conquistas dos brasileiros
» Confira a programação de ao vivo do Terra
» Veja a agenda e resultados dos Jogos de Londres

Para o comandante, o País tem que se preocupar não apenas com o time que irá jogar no Rio de Janeiro, em 2016, mas nas próximas gerações. "Acho que precisamos fazer um trabalho paralelo com uma seleção de mais novos. O Brasil já ingressou entre os dez melhores do mundo com essa performance, então temos que fazer um trabalho para mantê-lo dentro dessa plataforma, para que em algum momento possa pegar uma possiblidade de medalha", afirmou.

E, para isso, Magnano quer mais do que um time de garotos. O argentino pede um esforço do país para a criação de uma boa base de jovens que passem a praticar o basquete. E pede mais. "Não temos número de jogadores. Não temos número de clubes, não temos competição. Precisamos mais ainda disso", analisa o treinador, que diz que já começará a trabalhar no próximo ciclo.

Sobre a derrota pra a Argentina, Rubén Magnano reconhece que faltou algo ao time brasileiro. "Você vê que não alcançou nossa maturidade. Não era suficiente". A análise recaiu sobre o momento em que a Seleção encostou no jogo a um minuto e meio do final e esteve a dois pontos do empate. "Caímos em uma distração inconcebível e deixamos eles acordarem novamente", lamentou. Ele também criticou a arbitragem e disse que não gostou nada da escalação do espanhol Juan Arteaga.

O técnico do Brasil se disse chocado, porque sonhava com uma oportunidade de medalha, mas elogiou o caráter dos seus comandados. "Falei para os caras que saíssem com a cabeça bem alta, porque a participação do Brasil foi muito boa", ressaltou Magnano, que foi embora da quadra antes do final do jogo. "Fui como faço sempre, vou pensar no vestiário".

Apesar da tristeza pela derrota, Magnano se mostrou satisfeito com o desempenho apresentado em Londres. "Estou orgulhoso por defender as cores do Brasil na Olimpíada e honrado por trabalhar com esse grupo de jogadores. Fazendo as coisas certas e as coisas não tão certas, eles deram tudo para representar o Brasil e devem sair de cabeça erguida. Infelizmente, nosso sonho acabou, mas já estamos gestando outro para o futuro", finalizou.

Olimpíada ao vivo no Terra
O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmite ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura conta com textos,vídeos,fotos, e participação do internautae repercussão no Facebook.Siga também a cobertura no Twitter e participe com a hashtag: #TerraLondres2012

Apesar da tristeza pela eliminação, o treinador aprovou a participação brasileira em Londres
Apesar da tristeza pela eliminação, o treinador aprovou a participação brasileira em Londres
Foto: Marcelo Pereira / Terra
Fonte: Terra

compartilhe

publicidade