Mundial 2006

Mundial 2006

Quinta, 21 de setembro de 2006, 11h47  Atualizada às 12h57

Barbosa descarta marcação especial em dupla australiana

Rafael Prada
Busca
Saiba mais na Internet sobre:
Busque outras notícias no Terra:
A dupla que sempre desequilibrou pela Austrália, adversária do Brasil na semifinal, nesta quinta-feira, às 15h15, não deve receber marcação especial pelas jogadoras do time de Barbosa.

Terra traz Brasil x Austrália
Austrália cancela treino
CBB garante o Ibirapuera
Vítima das goteiras critica

O técnico do Brasil justificou que uma preocupação individual com Lauren Jackson e Penelope Taylor, responsáveis por quase 60% dos pontos do time nesta competição, pode facilitar o trabalho das outras atletas da equipe rival.

"É um grande risco fazer esta marcação especial. Até porque a Austrália tem uma contagem de pontos baixa, 70 a 75 pontos por jogo. E fazer esta marcação diferenciada corremos o risco de deixar o resto do time da Austrália muito livre".

"A armadora delas por exemplo (Jennifer Ellen Screen) é muito forte e tem um ótimo aproveitamento da linha de três pontos", analisou Barbosa.

"No mundial da China, fizemos uma marcação um pouco mais especial e vencemos, mais isto não quer dizer nada. É claro que vamos diminuir os espaços e marcar muito."

Perguntado se o individualismo de destaques como Janeth e Iziane estão fazendo a diferença pela Seleção, o treinador afirmou: "dificilmente isto acontece no Brasil, é um grupo muito forte e que já trabalha de 10 a 11 anos junto".

Redação Terra