Mundial 2006

Mundial 2006

Sábado, 23 de setembro de 2006, 10h03  Atualizada às 18h50

Beleza das jogadoras vira atração em Mundial

Reuters

Reserva da Rússia, Karpunina é uma das preferidas do público
Busca
Saiba mais na Internet sobre:
Busque outras notícias no Terra:
O Mundial feminino de basquete não trouxe apenas boas seleções e competitividade ao Brasil. Equipes do mundo todo contribuíram também com beleza, charme e graça dentro e fora das quadras em São Paulo e Barueri.

Veja fotos das musas
Confira o site do Mundial 2006

Rússia e Austrália foram as duas melhores seleções dentro da quadra, mas não há dúvidas de que fora delas, as equipes acabaram deixando muito marmanjo babando com as enormes loiras do leste europeu ou os justos uniformes das garotas da Oceania.

Dentre as que fizeram sucesso com público e até tiveram cartazes com homenagens estão as loiras Lauren Jackson e Penelope Taylor, ambas da Austrália.

Com 1,95m, a pivô Lauren podia ver todos os dias em que jogava no Ibirapuera uma mensagem no meio da torcida: "Lauren, casa comigo?". Já Penelope, que é casada com um brasileiro, chamava atenção pela precisão dentro das quadras e também pela simpatia fora delas.

Além da dupla loira, a morena Laura Ann Summerton de 1,88m mostrava seu sorriso cativamente a cada cesta marcada pela Austrália e deixava ainda mais bonita a equipe.

Na seleção russa, destaque para a armadora Marina Karpunina, que, mesmo do banco de reserva, conseguiu ser uma das mais aclamadas pelo público brasileiro. Aliás, o leste europeu também nos brindou com belezas como a armadora lituana Sandra Valuzyte e a armadora checa Marketa Mokrosova.

No Brasil, a armadora Helen e a pivô Micaela também brilharam fora das quadras, tanto pela beleza quando empolgação e boa vontade fora com o público e com a própria mídia. E, mesmo pequeninha perto das gigantes que rondaram o Ibirapuera, a armadora Adrianinha, de 1,70m, sempre chamou atenção pelo seu cuidado com a roupa e detalhes ao deixar o local dos jogos. Celular com pequenos brilhantes e vestuário sempre alinhado, ela sempre foi destaque na saída da Seleção Brasileira do ginásio.

Redação Terra