0
NBA

Após romper ligamento, Derrick Rose pode ficar fora por até um ano

15 mai 2012
21h58
atualizado às 22h32

O pesadelo para os torcedores do Chicago Bulls parece ser bem pior do que se imaginava inicialmente. A perda do astro Derrick Rose, que rompeu o ligamento, foi decisiva para que o time caísse logo na primeira rodada dos playoffs da Conferência Leste, sendo eliminado pelo Philadelphia 76ers. E parece que a recuperação do camisa um é vai demoram muito mais do que se imaginava inicialmente.

Nesta terça-feira, o Dr. Brian Cole, médico que realizou o procedimento cirúrgico no último sábado, anunciou que o período que Rose deve ficar afastado das quadras é de oito a 12 meses, o que comprometeria a participação do atleta na próxima temporada da NBA, podendo forçar Derrick a não disputar sequer uma partida.

"Derrick está indo muito bem", disse Cole. "A cirurgia foi muito positiva. Nada de surpresas. Estamos muito otimistas nesse momento, mas uma recuperação de um atleta do calibre de Rose leva geralmente entre oito e 12 meses. Um pouco mais ou um pouco menos, talvez. Isso não é incomum", ressaltou o médico.

"Esperamos que ele esteja em alto nível daqui a 12 meses, mas para ele voltar às mesmas condições em que estava antes da lesão pode levar um pouco mais de tempo", finalizou.

Rose, 23 anos de idade, sofreu a lesão ainda no primeiro jogo contra o Philadelphia 76ers, no dia 28 de abril. Com a eliminação para os Sixers, o Chicago Bulls, que havia feito a melhor campanha da temporada regular, foi somente o quinto time da história da NBA a ficar em primeiro e ser eliminado pelo oitavo na pós-temporada.

Lesão de Derick Rose parece ser mais séria do que o esperado
Lesão de Derick Rose parece ser mais séria do que o esperado
Foto: AP
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

publicidade
publicidade