1 evento ao vivo
NBA

Brasil vai retomar hegemonia do basquete sul-americano, diz Splitter

9 out 2012
08h14
atualizado às 08h30
Luís Gustavo Schlindwein

Um dos destaques da Seleção Brasileira masculina de basquete nos últimos anos, o pivô Tiago Splitter, atleta do San Antonio Spurs, da NBA, afirmou ao Terra que todas as seleções têm ciclos, e, com a aposentadoria de astros argentinos da dita "geração de ouro", como Luis Scola e Manu Ginóbili, o Brasil deve retomar a hegemonia na América do Sul.

» Splitter aprimora lances livres e fala em "ir mais longe" com Spurs

Em 2012 a Seleção já teve um grande feito, pois participou dos Jogos Olímpicos de Londres, após ausência de 16 anos no evento (caiu justamente para a Argentina, nas quartas de final). Um dos pilares da conquista da vaga foi justamente Splitter, que afirmou ser "maravilhoso" participar dos Jogos, algo que a geração dele já estava buscando há tempos, e já "engoliu" o revés para os arquirrivais.

Confira a entrevista com Tiago Splitter:

Terra - Como foi a experiência de disputar uma Olimpíada, que o Brasil não ia há tanto tempo?
Tiago Splitter - O nosso grupo buscava isso faz tempo. Foi maravilhoso participar desse ambiente olímpico. Todos queriam há tempos ir a uma Olimpíada, sempre buscando essa vaga. E conseguimos isso em Mar del Plata.

Terra - O resultado em Londres ficou dentro das expectativas ou vocês mesmo esperavam mais?
Tiago Splitter - É sempre ruim perder. Todo mundo quer ganhar o último jogo e assim ser campeão. A gente pensava em medalha, mas Olimpíada não é fácil.

Terra - A derrota para a Argentina já foi superada?
Tiago Splitter - Uma derrota para Argentina dói, mas tem que engolir, fazer o que? A carreira continua, tem que pensar no futuro. Não adianta ver os erros, deixamos tudo dentro da quadra. Não tivemos nenhum dia de folga, de corpo mole, todo mundo treinou muito forte para chegar lá e fizemos nosso melhor.

Terra - Os argentinos da "geração de ouro" estão se despedindo. Você acha que agora a Seleção Brasileira pode retomar a hegemonia na América do Sul?
Tiago Splitter - Isso é normal, são ciclos, aconteceu com o Brasil, com a Argentina. Só com os Estados Unidos que não acontece isso. Todos têm ciclos com grandes jogadores, mas então vem a idade avançada e depois a aposentadoria. Isto está acontecendo agora com a Argentina e eu acho que Brasil vai retomar essa hegemonia na América do Sul.

Após "engolir" derrota para a Argentina em Londres, Splitter crê que Brasil deve retomar hegemonia
Após "engolir" derrota para a Argentina em Londres, Splitter crê que Brasil deve retomar hegemonia
Foto: Getty Images
Fonte: Terra
publicidade