0
NBA

Despedida de Kobe terá cobertura de imprensa igual a de final de conferência

13 abr 2016
11h54
  • separator
  • 0
  • comentários

O último jogo de Kobe Bryant, do Los Angeles Lakers, como atleta profissional, contra o Utah Jazz, nesta quarta-feira, será coberto por 500 profissionais de imprensa, em cobertura feita em escala global.

De acordo com John Black, chefe da assessoria de comunicação da franquia da Califórnia, a partida deverá ter a maior cobertura da história da NBA, durante a temporada regular, que é a fase classificatória para os playoffs, que definem o campeão.

"O número de pedidos de credenciamento para o jogo de despedida de Kobe é similar ao que temos quando acontece uma final de conferência", explicou o profissional.

No duelo, que acontecerá no Staples Center, os Lakers já entram em quadra sem qualquer chance de classificação, enquanto o Jazz poderá avançar se vencer e o Houston Rockets perder para o Sacramento Kings, em casa.

De acordo com Black, em um jogo de temporada regular, o ginásio da equipe de Los Angeles tem capacidade para receber 250 jornalistas, o que significa que a metade dos que trabalharão hoje, terão que acompanhar o confronto da sala de imprensa.

Tim Franck, porta-voz oficial da NBA, confirmou que, pelo menos, 60 profissionais estrangeiros estão credenciados para a despedida de Kobe, sendo que o normal é entre dez ou 12, para partidas de jogos da temporada regular.

A última partida dos Lakers nesta temporada, acabou virando um grande negócio para a franquia. O ingresso de primeira fila, por exemplo, custa mais de US$ 22,5 mil (R$ 79,65 mil).

Além disso, é possível comprar todo e qualquer tipo de souvenir relacionado a Kobe, como bonés com detalhes em ouro de 18 quilates, a US$ 39 mil (R$ 138 mil). Oito unidades foram colocadas a venda, e até esta manhã, só restavam duas.

Há itens mais baratos, claro, como broches com o número 24, que o craque utilizou durante boa parte da carreira, que custam pouco mais de US$ 8 (R$ 28).

EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade