0
NBA

Fãs queimam camisas de LeBron e causam tumultos em Cleveland

9 jul 2010
05h47

Humilhados e traídos: assim disseram estar se sentindo alguns fãs de basquete de Cleveland, uma cidade conhecida por sua larga "seca" de títulos desportivos. A admiração a LeBron James se transformou em revolta em questão de segundos, assim que o astro confirmou em programa de televisão a saída dos Cavaliers para ser a mais nova contratação do Miami Heat, na noite desta sexta-feira.

Depois do anúncio, a antes amada camisa 23 dos Cavs deixou de ser ovacionada e foi queimada nas ruas da cidade por torcedores que se diziam abandonados. Outros fanáticos lançaram pedras em um cartaz publicitário que leva a imagem do jogador, situado a dez andares de altura e que tem a foto de LeBron de braços abertos, sob os dizeres: "todos somos testemunhas".

O gigantesco anúncio representava a adoração de toda a cidade ao atleta, apelidado por muitos de "rei" e que terminou nesta sexta-feira. Já em frente ao Estádio Quicken Loans Arena, alguns homens sentados no bar Harry Buffalo lamentavam a escolha do atleta, com as mãos entre a cabeça. Ao olharem para a televisão e serem informados da decisão, mostravam lágrimas caindo dos olhos. "Tirem-o daí", alguém gritou.

"Eu acho que foi um tapa na cara desta cidade, que o apoiou e esteve com ele desde que estava no colégio", disse Earl Mauldin, que se disse ofendido com toda a situação. "Sair na televisão nacional e cuspir no rosto de maneira que é muito, muito, muito ruim", completou.

Antes desta sexta-feira, LeBron James representava para Cleveland um raio de esperança em meio a uma década deprimente. Antes da crise, do colapso da economia e do declínio da indústria automobilística, a cidade tinha algo único que ninguém poderia igualar: LeBron James, um herói crescido em casa, por mais que tenha se tornado uma estrela global.

Para os fãs, essa fantasia terminou na última noite. Alguns, mais revoltados, ainda não acreditam na maneira em que foram trocados por outra equipe. "Nos mantevena ignorância até o final", disse Gary Hunter, outro cliente do bar. "Como estávamos, implorando a alguém para ficar? Se você for ficar, fique. Mas se você quer ir, vá de uma vez. Pelo menos, poderia ter dado gesto digno de nos informar antes que a mídia nacional e do mundo todo".

Cabisbaixos, fãs dos Cavaliers lamentam decisão de LeBron de ir ao Miami Heat
Cabisbaixos, fãs dos Cavaliers lamentam decisão de LeBron de ir ao Miami Heat
Foto: AP
Fonte: AP AP - The Associated Press. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser copiado, transmitido, reformado o redistribuido.
publicidade