0

Kobe Bryant dá susto, Hornets vencem Lakers e empatam série

25 abr 2011
05h31
atualizado às 09h35

O armador Chris Paul brilhou nos playoffs da Conferência Oeste da NBA ao conseguir um triple-double monumental que permitiu ao New Orleans Hornets vencer por 93 a 88 o Los Angeles Lakers no quarto jogo da série melhor de sete, na noite deste domingo, em jogo realizado no New Orleans Arena. Do outro lado da quadra, após uma apresentação apagada, o ala-armador Kobe Bryant sofreu uma torção no tornozelo e deixou o ginásio amparado por muletas.

Paul marcou 27 pontos, deu 15 assistências e pegou 13 rebotes para ser o grande destaque dos Hornets e da partida - que deixou a sua equipe com a segunda vitória da eliminatória, empatada agora por 2 a 2.

Embora os Lakers tenham recuperado a vantagem de campo, agora disputarão pelo menos seis partidas, e a quinta será no Staples Center, de Los Angeles, na próxima terça-feira.

Paul não parou durante toda a partida, embora sua equipe não tenha começado bem, ficando atrás do placar. Mas seu trabalho e o do resto da equipe, especialmente do ala de origem dominicana Trevor Ariza, ex-jogador dos Lakers, permitiu ao time da casa recuperar o controle do placar e do jogo.

No quarto quarto, os Hornets começaram a superar a defesa dos Lakers e abriram oito pontos de vantagem (79 a 71), a sete minutos do final do jogo.

Os Lakers reagiram com o ala-armador Kobe Bryant e, a dois minutos para o final, os bicampeões da competição já estavam apenas três pontos abaixo (83 a 80).

A 39 segundos do final, o ala-pivô Lamar Odom, nos lances livres, conseguiu dois pontos que deixaram o placar em 88 a 86. Tudo estava pronto para que os Lakers conseguissem o ataque final para virar o placar e conseguir a vitória.

Nada disso aconteceu porque o armador reserva Jarrett Jack, nos últimos 33 segundos, marcou cinco winners para os Hornets, os únicos que apresentou em todo o jogo. Antes, Paul também tinha anotado 14 de seus 27 pontos no quarto período, enquanto Ariza conseguiu 19 para ser o segundo cestinha da equipe, além de pegar seis rebotes e dar duas assistências.

O ala-pivô Carl Landry os apoiou com 16 pontos, capturou sete rebotes e também ajudou a equipe de Nova Orleans a dominar no quesito com 39 bolas capturadas no garrafão contra 32 dos Lakers.

Bryant desta vez não conseguiu comandar os Lakers e seus 17 pontos estiveram muito abaixo do que a equipe necessita de sua contribuição para conseguir ganhar os jogos que estão igualados no placar.

O camisa 24 dos Lakers, antes de se lesionar, converteu cinco de 18 arremessos de quadra, errou três tentativas de cestas de três, acertou sete de nove lances livres, deu oito assistências e pegou seis rebotes.

Kobe Bryant será será submetido a uma ressonância magnética para diagnosticar a gravidade da lesão e é dúvida para a próxima partida, na terça-feira.

Se Bryant não foi a estrela dominante, o ala-pivô espanhol Pau Gasol também não apareceu muito no jogo do garrafão - embora tenha feito 16 pontos, no final seus quatro rebotes não foram fator decisivo.

O pivô Andrew Bynum marcou 11 pontos e pegou nove rebotes, deu três tocos e conseguiu uma roubada de bola, que também não foi suficiente para evitar a derrota de sua equipe.

EFE   
publicidade