0
NBA

NBA pretende punir jogadores que cavarem faltas

28 set 2012
15h51
atualizado às 17h09

Uma medida em estudo na NBA promete levantar polêmica no basquete americano. Preocupada com as jogadas em que os atletas forçam a queda quando o contato não é tão forte, ludibriando a arbitragem, a liga americana está preparando uma política de caça aos jogadores "cai-cai".

A presença dos principais jogadores do mundo e o poderio econômico da NBA, com contratos milionários, acordos de transmissão e receitas a partir de produtos, movimentam milhões de dólares todos os anos nos Estados Unidos. O fato chamou a atenção da revista Forbes, que listou as 15 franquias mais valiosas da liga; confira
A presença dos principais jogadores do mundo e o poderio econômico da NBA, com contratos milionários, acordos de transmissão e receitas a partir de produtos, movimentam milhões de dólares todos os anos nos Estados Unidos. O fato chamou a atenção da revista Forbes, que listou as 15 franquias mais valiosas da liga; confira
Foto: Getty Images

Entre os procedimentos previstos, está uma análise posterior das partidas com lances suspeitos. Caso a liga considere que o jogador "cavou" a queda, ele poderá ser multado.

"Se você continua a fazer isso (cavar faltas), tem que sofrer as consequências. Pretendemos deixar claro que isso não é algo que queremos em nosso jogo. Vamos achar maneiras de coibir esse tipo de atitude", disse David Stern, comissário da NBA.

Esse tipo de análise posterior já é feito com as faltas flagrantes, que podem ser minoradas ou agravadas. Um porta-voz da NBA enfatizou que essas punições ficarão restritas ao pós-jogo, ou seja, não serão marcadas faltas quando o árbitro entender que determinado jogador simulou uma queda.

Fonte: Lancepress!
publicidade