0

Spurs batem Heat e são penta; Brasil tem primeiro campeão

15 jun 2014
23h48
atualizado em 2/12/2014 às 12h49
  • separator
  • comentários

Tiago Splitter não foi titular do San Antonio Spurs diante do Miami Heat no quinto jogo da série final da NBA, mas contribuiu saindo do banco para equipe texana se tornar pentacampeã da NBA na noite deste domingo ao vencer a quarta e decisiva partida no AT&T Center por 104 a 87. O pivô brasileiro conquistou algo nunca antes feito por um atleta do País: um anel da liga americana de basquete.

Tim Duncan e técnico Greg Popovich conquistaram quinto título da história da franquia juntos
Tim Duncan e técnico Greg Popovich conquistaram quinto título da história da franquia juntos
Foto: AFP

O confronto, no entanto, não começou nada favorável para os comandados do técnico Greg Popovich, pois o Heat, liderado por um LeBron James inspirado, abriu oito pontos de vantagem sem sequer sofrer um e chegou ainda a ampliar a distãncia no placar nos minutos seguintes. Experientes, os Spurs se reorganizaram durante a parcial e conseguiram encerrá-la perdendo por apenas sete pontos.

Na segunda metade do primeiro tempo, a franquia do Texas anulou o jogo ofensivo de LeBron, limitando-o a três pontos, e não só foi para os vestiários na frente no marcador, como conseguiu se distanciar do Heat, que marcou apenas 11 pontos. Vencendo por 47 a 40 após os 24 minutos iniciais, o San Antonio Spurs se aproximou do quinto título da sua história, todos eles com o mesmo treinador e com o interminável Tim Duncan em quadra.

Tiago Splitter é o primeiro brasileiro campeão da NBA
Tiago Splitter é o primeiro brasileiro campeão da NBA
Foto: AP

O terceiro quarto ficou marcado pela facilidade que os Spurs arremessaram de três pontos, acertando 71,4% das tentativas e ampliando em 12 pontos a vantagem no placar. Tiago Splitter não pontuou na parcial, mas teve um toco marcante em Dwyane Wade que, se não foi impressionante como o que ele levou nas finais de 2013 de LeBron James, serviu como redenção ao brasileiro, titular do técnico Greg Popovich durante a maior parte da temporada.

A última parcial serviu apenas para o San Antonio administrar a confortável distância que construiu do Heat no marcador e coroar uma equipe que se destacou o ano inteiro por trocas incessantes de passe e a rotação das peças do seu veterano elenco, que chegou descansado para enfrentar os atuais bicampeões na decisão.

Encerrado o confronto, LeBron James foi o cestinha, com 31 pontos e mais 10 rebotes. Com 22 pontos e outros 10 rebotes, Kawhi Leonard foi o destaque individual dos Spurs mais uma vez. O ala de 22 anos foi eleito ao final do jogo o jogador mais valioso das finais (MVP), mesmo não fazendo parte do "Big Three" de San Antonio, composto pelos experientes Tim Duncan, Manu Ginobili e Tony Parker.

Apesar de não ter sido escolhido o melhor jogador da série decisiva aos 38 anos, Duncan - MVP nos títulos de 1999, 2003 e 2005 - se tornou o segundo jogador a conquistar títuls da NBA em três décadas diferentes, igualando feito que apenas John Salley realizou. 

Menos experiente que o camisa 21 do San Antonio Spurs, Tiago Splitter entrou para a história do esporte brasileiro em sua segunda final da NBA, feito que gerou comoção para seus familiares e fãs, que comemoraram a conquista na televisão e internet.

"Muita emoção. Grande satisfação saber que o Brasil faz parte desse evento mundial e além do Tiago. Não foi fácil essa caminhada. O Tiago vem há muitos anos atrás desse sonho. O Brasil está em um momento histórico. Copa do Mundo... isso é um presente duplo. Isso é uma satisfação para nós todos em Blumenau. Hoje é dia dos pais (nos Estados Unidos) e é um grande presente que eu estou recebendo. Espero que isso possa ter um efeito e não só o Tiago, mas outros se beneficiem com esse feito", declarou o Cássio Splitter, pai do brasileiro em entrevista à ESPN.

No Twitter, personalidades como Nelsinho Piquet e instituções como o Corinthians comemoraram o título de Tiago Splitter. Confira abaixo a repercussão da conquista na rede social:

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade