publicidade
01 de junho de 2013 • 14h02

Varejão entrega prêmio e vê basquete brasileiro "cada vez melhor"

  • Marcus Vinicius Pinto
    Direto do Rio de Janeiro
 

De férias no Brasil e ainda em processo de recuperação, Anderson Varejão celebrou o que classificou como "nível cada vez melhor" da decisão do NBB, neste sábado, no Rio de Janeiro. O Flamengo superou o Uberlândia por 77 a 70 e ficou com o bicampeonato da liga em sua sétima edição. Após o apito final, Varejão, que atuou como comentarista, ainda entregou o prêmio de MVP da final a Caio Torres, pivô do Fla. 

“O nível do basquete brasileiro está cada vez melhor, com vários bons jogadores surgindo e ainda contando com a ajuda de ótimos jogadores americanos” disse Anderson após o jogo. “Fui conversar com o Robert Day e ele está falando um português perfeito. Fez questão de falar comigo em português” disse sobre o jogador do Uberlândia. 

Varejão sofreu com uma lesão na panturrilha e, principalmente, uma embolia pulmonar, o que lhe impediu de disputar a temporada atual da NBA com regularidade. O jogador está ainda cuidando da parte física e deve voltar às quadras no início da temporada que vem. “Dentro de 20 dias devo ter condições de treinar mais pesado e já treinar com bola. Mas por enquanto é só trabalho de alongamento", afirmou.

Anderson Varejão disse que está feliz em Cleveland, mas que não pode descartar a possibilidade de uma transferência. “Isso não depende de mim, depende do clube. Não tenho nenhum poder de decidir sobre isso” afirmou, dizendo que só pensa em acabar com os problemas de lesão que interromperam duas de suas últimas três temporadas no basquete profissional americano.

Terra