0

Pan 87: basquete brasileiro surpreende o mundo na casa dos EUA

6 out 2011
13h53
atualizado às 15h13
Marcel Alonso

Quatro anos depois de perder o ouro para os Estados Unidos na final dos Jogos Pan-Americanos de Caracas, na Venezuela, o basquete brasileiro conseguiu a revanche e surpreendeu o mundo ao vencer os americanos por 120 a 115 (54 a 68 no primeiro tempo) na final da edição de 1987 do evento, realizado em Indianápolis.

A história veio recheada de emoção. A decisão foi na Market Square Arena, disputada no dia 23 de agosto de 1987. Os americanos chegaram a abrir 22 pontos no primeiro tempo e a sensacional virada brasileira acabou quebrando uma série de 24 partidas invictas dos EUA em jogos oficiais.

Os principais nomes desta equipe foram Oscar e Marcel, comandados pelo técnico Ari Vidal. Marcel Ramon Ponikwar de Souza foi responsável por 187 pontos na campanha do título de Indianápolis e, ao lado do cestinha Oscar, marcou 77 dos 120 pontos que levaram a Seleção a conquistar sua maior vitória no basquete mundial. Em entrevista exclusiva ao Terra, o ex-ala relembra o dia em que os americanos olharam para os brasileiros "com medo".

Terra: Depois de vencer o México na semifinal, qual era o pensamento em enfrentar os americanos dentro de casa na grande final?
Marcel: Vou ser sincero, é sempre difícil achar que vamos ganhar dos EUA, principalmente na casa deles. Quatro anos antes, no Pan de Caracas, perdemos a final para eles. Foi quando apareceu o Michael Jordan e a geração que ganharia o ouro na Olimpíada de Los Angeles.

Terra: Quando você sentiu que a vitória ia chegar?
Marcel: Depois de sair em desvantagem de 14 pontos no primeiro tempo, resolvemos acelerar o jogo e buscar o máximo possível de arremessos de três. Começamos a infernizar os americanos e já dava para sentir a tensão no olhar de cada jogador, já que eles achavam que venceriam por uma ampla diferença.

Terra: Essa vitória histórica pode ser considerada a maior conquista de sua carreira?
Marcel: Com certeza, não tenha dúvidas. Não só para mim. Foi um marco para o basquete brasileiro. Vai fazer 25 anos desta conquista e até hoje tenho lembranças saudosas daquele dia.

Terra: O que mudou no basquete brasileiro após o ouro em Indianápolis?
Marcel: Não só no Brasil, mas no mundo todo. Já éramos respeitados, mas foi a partir dos Jogos Pan-Americanos de Indianápolis, que deram mais valor às cestas da linha de três. E nesse método que conseguimos virar e transformar a tranquilidade americana em desespero.

Pan 2011 no Terra

O Terra transmitirá simultaneamente até 13 eventos, ao vivo e em HD, dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara via web, tablets e celular.
Com uma equipe com mais de 220 profissionais, a maior empresa de Internet da América Latina fará a mais completa cobertura da competição que será realizada de 14 a 30 de outubro, trazendo, direto do México, a preparação de atletas, detalhes da organização e toda a competição, com conteúdo em texto, fotos, vídeos, infográficos e muita interatividade.

Acesse também a cobertura em:
http://m.terra.com.br/guadalajara2011
http://tablet.terra.com.br
http://wap.terra.com.br/pan2011/







Ao lado de Oscar, Marcel comandou a Seleção Brasileira no título em 1987
Ao lado de Oscar, Marcel comandou a Seleção Brasileira no título em 1987
Foto: Facebook / Reprodução
Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade