0

Pinheiros vai jogar contra Limeira nas oitavas de final do NBB

9 abr 2013
21h14

A edição 2012/13 do Novo Basquete Brasil (NBB) está se aproximando da reta final e o primeiro confronto das oitavas de final da competição já está definido. Garantido na sexta posição do torneio, com 64,7% de aproveitamento, e sem poder ser ultrapassado por mais nenhum concorrente, o Pinheiros/Sky vai medir forças contra o Winner/Kabum/Limeira, que fechou a fase de classificação na 11ª posição, com 44,1% de aproveitamento. As datas dos jogos ainda não foram definidas.

Na primeira fase do NBB, os dois times se enfrentaram em duas oportunidades, com uma vitória para cada lado. No dia 10 de dezembro de 2012, triunfo do Pinheiros pelo placar de 102 a 100, em duelo disputado no ginásio Henrique Villaboim, em São Paulo (SP). Já na casa do Limeira, em jogo realizado no dia 27 de fevereiro de 2013, melhor para a equipe mandante, que venceu o rival paulistano por 82 a 81.

"Um dos pontos fortes do time de Limeira é que tem um esquema de jogo bem definido. Será uma partida difícil, mas a vantagem de termos o mando de quadra nos ajudará muito para tentarmos chegar à próxima fase", destacou o ala/pivô Rafael Mineiro, do Pinheiros.

O ala norte-americano Shamell também acredita que o confronto será bastante complicado e frisa que, a partir da próxima fase, o torneio muda completamente. "Será uma série muito difícil. As duas equipes já se conhecem muito bem. A partir dos playoffs, começa um novo campeonato. Vão ser jogos muito bons e temos que manter a nossa postura", observou o jogador.

No NBB, as quatro primeiras equipes da fase de classificação avançam diretamente para as quartas de final e ficam com a vantagem do mando de quadra. Já os times que ficarem entre a quinta e a 12ª posições se enfrentam nas oitavas de final, na briga pelas quatro vagas remanescentes nas quartas. Até a grande decisão, que será disputada em uma única partida, os duelos serão definidos em séries melhor de cinco jogos. Já na parte de baixo da tabela de classificação, Suzano e Tijuca/Rio de Janeiro, os dois piores times da primeira fase, participam de um quadrangular, juntamente com o campeão e o vice-campeão da Supercopa Brasil, para definir as duas equipes que disputarão a elite do basquete nacional na próxima temporada.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade