0

"Falta acreditar que dá para vencer", diz Tarallo após 2ª derrota

30 jul 2012
15h42
atualizado às 16h15
Marina Novaes
Direto de Londres

Após duas derrotas consecutivas, uma para a França e outra para a Rússia, o técnico da Seleção Brasileira feminina de Basquete disse nesta segunda-feira que falta ao time "acreditar que dá para vencer". Para Luís Tarallo, as jogadoras precisam melhorar a finalização, criar mais chances de fazer pontos durante a partida e reagir diante da ofensiva das adversárias. Tanto na partida contra a equipe francesa quanto contra as russas, o Brasil levou um jogo equilibrado três primeiros quartos, mas perdeu ritmo e deixou os rivais ampliarem a diferença nos minutos finais.

Treinador do basquete feminino lamentou novo revés, após boa apresentação de suas comandadas
Treinador do basquete feminino lamentou novo revés, após boa apresentação de suas comandadas
Foto: Getty Images

» Veja os números e estatísticas de Rússia x Brasil
» Brigas e dramas: relembre grandes momentos olímpicos
» Saiba todos os detalhes dos atletas brasileiros que estarão em Londres
» Escolha a atleta mais bela dos Jogos Olímpicos de Londres 2012

"Acho que falta acreditar que realmente dá pra vencer. Porque leva o jogo, leva o jogo, e na hora de finalizar não tem essa fechada do grupo, antecipar situações, provocar a vitória, fica um pouco aceitando a equipe adversária vencer", afirmou Tarallo, após a derrota.

Para o técnico da Seleção, apesar do resultado negativo, o Brasil ainda tem chances de classificação. Para isso, porém, a equipe terá de derrotar a seleção da Austrália, que nesta segunda-feira perdeu para a França por 4 pontos de diferença (74 a 70), mas que é considerada um dos times mais fortes da competição.

"É uma chave muito competitiva, na hora de finalizar o grupo está sem esse ímpeto de fechar o jogo. Faltou provocar mais situações que favoreçam o Brasil. E, às vezes, acaba que nessa hora de fechar (uma jogada) o grupo ainda não está pronto isso, e nós temos pago o preço por isso", avaliou o técnico.

Apesar das duas derrotas seguidas, o treinador disse que o Brasil tem mostrado sua força, pois soube "levar" os adversários mais fortes.

Olimpíada ao vivo no Terra
O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmite ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura conta com textos,vídeos,fotos, e participação do internautae repercussão no Facebook.Siga também a cobertura no Twitter e participe com a hashtag: #TerraLondres2012

Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade