1 evento ao vivo

Surpreso, Magnano fala em dor por pedido de dispensa de Marquinhos

14 ago 2013
00h32
atualizado às 00h35
  • separator
  • comentários

O pedido de dispensa de Marquinhos, divulgado oficialmente nesta terça-feira, deixou o técnico Rubén Magnano surpreso. Após a vitória no amistoso sobre o México, o argentino lamentou a saída do ala do Flamengo a uma semana da viagem para a disputa da Copa América da Venezuela.

<p>Argentino recuperou Marquinhos na Sele&ccedil;&atilde;o Brasileira e se mostrou bastante surpreso com pedido</p>
Argentino recuperou Marquinhos na Seleção Brasileira e se mostrou bastante surpreso com pedido
Foto: Getty Images

"Estou muito, muito surpreso. Pessoalmente, é uma das dispensas que mais senti, porque foi um jogador que nós trouxemos de volta à Seleção Brasileira. Ele conquistou um lugar muito importante dentro da equipe e é um nome internacional", disse Magnano.

Marquinhos teve atritos com o então técnico Lula Ferreira no Pré-Olímpico de Las Vegas em 2007, mas ganhou a confiança de Rubén Magnano, contratado para assumir a Seleção em 2010, e foi peça importante no retorno do Brasil aos Jogos em Londres de 2012.

O argentino contou que não ficou decepcionado com o pedido de dispensa de Marquinhos, mas reiterou que foi pego desprevenido. "Eu tinha muita esperança que ele nos ajudasse na Copa América por sua qualidade. Fiquei surpreso. Senti um pouco de dor por isso", confessou.

Submetido a uma cirurgia no joelho esquerdo, Marquinhos está na fase final da recuperação e já começou os trabalhos com bola, mas voltou a sentir dores no local após cair durante um treinamento. Um exame constatou edema ósseo e o jogador pediu dispensa por achar que não chegaria em condições ideais, mesmo com tratamento fisioterápico.

Segundo Magnano, no entanto, os profissionais da Seleção acreditavam que Marquinhos poderia ser aproveitado na Copa América, com início previsto para 30 de agosto. "Clinicamente, ele estava apto a jogar. Os médicos falaram que conseguiria. Com essa avaliação, eu tinha esperança de ir administrando a situação para que ele jogasse", explicou.

Antes de Marquinhos, Anderson Varejão, Leandrinho e Nenê pediram dispensa por falta de condições físicas. Tiago Splitter alegou cansaço, enquanto Lucas Bebê e Vitor Faverani priorizaram as negociações com as franquias da NBA. Para completar, Augusto Lima foi vetado por uma hérnia de disco.

"Não adianta falar tanto das dispensas e não gosto disso, mas acho que pegou duro pela quantidade. É como eu sempre digo: os que não estão, não estão. Ficaram esses jogadores e vamos brigar para atingir nosso objetivo. Não dá para ficar se lamentando", afirmou Magnano.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade