0

Yao Ming: "se não me recuperar da lesão vou me aposentar"

27 jul 2010
18h48
atualizado às 20h25

Um dos jogadores de maior apelo midiático da NBA, liga profissional de basquete norte-americano, o chinês Yao Ming, do Houston Rockets, afirmou nesta terça-feira que o seu retorno às quadras fica creditado à total recuperação da lesão no pé esquerdo que sofre há mais de um ano.

O jogador de 2,28m ainda está em recuperação em seu país natal, mas está perto de voltar para os Estados Unidos depois de decidir não sair dos Rockets no último ano de seu contrato. "Se o meu pé não se curar totalmente nesta temporada, eu posso escolher pela aposentadoria em 2011", afirmou.

Yao ainda declarou à imprensa chinesa que não deverá participar da Olimpíada de Londres-2012. "A chance é muito pequena. A lesão que tenho no pé não me permitirá atuar por muitas partidas seguidas", afirmou, deixando os fãs chineses preocupados quanto à presença do maior astro do país no esporte.

Sua decisão, no entanto, aparenta ser muito séria e quase irrevogável. "Como eu disse antes, eu vou deixar a seleção nacional e o esporte um dia. Isso é o que acontece com todo atleta", explicou. "Tenho 30 anos. Como atleta, não faço mais parte do futuro do basquetebol chinês", sentenciou.

Ming ainda aproveitou para disparar críticas ao basquete de seu país, cujo nível caiu muito após a Olimpíada que sediaram em 2008. "Estamos pagando pelo que não fizemos após os Jogos. Nós deixamos o desenvolvimento de uma equipe reserva e uma liga chinesa de lado e focamos apenas no time titular para a Olimpíada. É como matar a galinha dos ovos de ouro", concluiu.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade