2 eventos ao vivo

Com show e expulsão de Seedorf, Botafogo bate Madureira e lidera

24 mar 2013
18h00
atualizado às 21h34
  • separator
  • 0
  • comentários

Com atuação decisiva do meia holandês Clarence Seedorf, o Botafogo venceu o Madureira por 2 a 1 neste domingo e se firmou na liderança do Grupo A da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. O jogador marcou o gol da vitória aproveitando jogada de Rafael Marques e ainda deu assistência para Dória, que abriu o placar.

No final do jogo, Seedorf ainda causou confusão, depois de receber cartão amarelo. O jogador se revolvou com a punição e resolveu deixar o gramado. O árbitro não gostou da atitude e deu cartão vermelho ao jogador. Com o resultado, o Botafogo chega aos seis pontos ganhos. O Madureira, por sua vez, ainda não pontuou, já que perdeu seus dois jogos na Taça Rio.

O Madureira vai entrar em campo novamente pelo Campeonato Carioca na quarta-feira, quando recebe o Volta Redonda na Rua Conselheiro Galvão às 16h (de Brasília). No dia seguinte, quinta-feira, o Botafogo volta ao Engenhão para pegar o Friburguense às 19h30.

<p>Gabriel tenta passar pela marcação do Madureira</p>
Gabriel tenta passar pela marcação do Madureira
Foto: Bruno de Lima / Agência Lance

A partida em Madureira começou monótona e assim permaneceu até os 31min, quando um lance polêmico agitou as equipes. Rafael Marques participava de jogada na área quando se enroscou com Fernando e caiu. O árbitro marcou pênalti, que seria cobrado por Seedorf. No entanto, após conversa com o assistente, desfez a decisão por impedimento do camisa 10 botafoguense.

Seedorf estaria impedido no início da jogada que causou a polêmica, e a marcação foi confirmada mesmo com o fato de que a bandeira não havia sido levantada pelo assistente. O Botafogo ficou sem o pênalti e, por reclamação, Marcelo Mattos levou cartão amarelo. Aos 43min, o gol finalmente saiu: Seedorf cruzou e Dória desviou para o fundo das redes, abrindo o placar em Madureira.

No segundo tempo, um vacilo do setor defensivo do Botafogo permitiu o empate do anfitrião, aos 12min. Jean recebeu lançamento e, depois de Bolívar não conseguir o corte, invadiu a área, driblou Jeferson e mandou para o gol vazio. Dez minutos depois, o time de Oswaldo de Oliveira retomou a frente no placar. Rafael Marques dividiu com o goleiro na grande área e, na sobra, Seedorf tocou para o gol vazio.

Juiz marca pênalti, mas muda de ideia e anula lance

Nos acréscimos, o Madureira ainda viu diminuir a chance de empatar ao ter Rodrigo expulso: recebeu cartão vermelho aos 47min, depois de fazer falta dura em Bruno Mendes. Curiosamente, Seedorf teve o mesmo destino: se irritou ao receber um cartão amarelo e deixou o gramado; o árbitro não aprovou a atitude e deu o primeiro cartão vermelho do jogador holandês desde que foi contratado pelo Botafogo.

Ficha técnica

MADUREIRA 1 x 2 BOTAFOGO

Gols
MADUREIRA:
Jean aos 12 minutos do segundo tempo
BOTAFOGO:
Dória aos 42 minutos do primeiro tempo e Seedorf aos 22 minutos do segundo tempo

MADUREIRA: Márcio; Renan, Leozão(Daniel), Fernando e Gabriel Araújo; Gilson, Ramon, Chaparro(Jonathan) e Rodrigo; Jean e Derlei(Jairo).
Técnico: Alexandre Gama

BOTAFOGO: Jefferson; Lucas, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel, Fellype Gabriel, Seedorf e Vitinho(Cidinho)(André Bahia) ; Rafael Marques(Bruno Mendes)
Técnico: Oswaldo de Oliveira

Cartões amarelos
BOTAFOGO: Marcelo Mattos, Lucas

Cartões vermelhos
MADUREIRA: Rodrigo
BOTAFOGO: Seedorf

Árbitro
Philip Georg Bennett (RJ)

Local
Estádio Moça Bonita, no Rio de Janeiro (RJ)

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade