0

Líder, Seedorf fala pelo grupo e exalta "melhor Botafogo do ano"

16 ago 2013
06h05
atualizado às 08h42
  • separator
  • 0
  • comentários

A liderança do craque Seedorf vai muito além de uma braçadeira de capitão. O holandês é a principal referência dentro e fora de campo para o jovem time do Botafogo. Na noite da última quinta-feira, logo após o empate por 3 a 3 com o Internacional, no Maracanã, com um gol do adversário nos minutos finais da partida, o camisa 10 fez questão de conversar com a imprensa e se dirigiu ao lado do técnico Oswaldo de Oliveira para a entrevista coletiva.

Brasileiro Série A 2013Rodada 14

BotafogobfrBotafogo3
3InternacionalInternacionalsci

  • Vitinho 9 ' (1T)
  • Seedorf 19 ' (2T)
  • Vitinho 29 ' (2T)
  • Ignacio Scocco 31 ' (1T)
  • Ignacio Scocco 32 ' (1T)
  • Fabrício 48 ' (2T)
2013-08-16 00:00 GMT-000 (D) FinalizadoMaracanã
<p>Seedorf é um líder no Botafogo dentro e fora de campo</p>
Seedorf é um líder no Botafogo dentro e fora de campo
Foto: Daniel Ramalho / Terra

"Acho que foi uma atuação impressionante. Foi o melhor Botafogo que eu vi esse ano, contra o melhor time que eu vi esse ano, o Inter. Temos que valorizar muito. É um ponto? É um ponto. Mas se a competição acabasse hoje, seríamos campeões", enfatizou o meia de 38 anos, que lembrou dos desfalques sofridos na equipe durante a parada para a Copa das Confederações.

"O time está de parabéns. O treinador está de parabéns. Perdemos jogadores importantes como o Fellype Gabriel e o Andrezinho. Não temos um elenco como outros times têm. São desfalques. Mas continuamos mostrando um bom jogo e lideramos o campeonato neste momento", disse o holandês.

Seedorf admitiu que o elenco chegou com raiva no vestiário, logo após o fim da partida, por ter deixado escapar os três pontos, mas que o sentimento foi substituído aos poucos pelo orgulho.

"Tenho muito orgulho deste grupo e do nosso trabalho, falei isso no vestiário. Chegamos com raiva, mas o sentimento foi mudando. Sabemos das dificuldades que temos e das nossas condições. Para mim é maravilhoso trabalhar com um grupo que está em busca de um sonho, que é vencer o campeonato", afirmou o jogador.

Já o técnico Oswaldo de Oliveira falou da importância de Seedorf para o elenco, e do peso que as palavras dele têm, principalmente para os mais jovens.

"Isso é muito interessante. Ele tomou a inciativa de vir falar em nome dos companheiros. No primeiro momento, alguns jogadores estavam muito abatidos pela situação, mas ele e outros mais experientes falaram que o importante era a liderança, a virada em cima de um rival muito qualificado. Isso trouxe mais otimismo e confiança para nos mantermos na liderança e, quem sabe, vencer o campeonato em dezembro", disse o treinador.

Seedorf também elogiou o garoto Vitinho, que balançou a rede duas vezes na partida contra o Internacional. "O Vitinho fez o melhor jogo dele esse ano. Acho que a evolução dele é muito importante. Falamos para ele ter tranquilidade. Se vencermos no fim do ano, todos são vencedores, é um trabalho de grupo. Temos muita determinação e vamos lutar para sermos campeões", finalizou o craque.

O Botafogo entra em campo no próximo domingo, às 16h, contra a Portuguesa, no Canindé, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Fonte: Artevista Comunicação, Assessoria e Empreendimentos Culturais Ltda - Especial para o Terra Artevista Comunicação, Assessoria e Empreendimentos Culturais Ltda - Especial para o Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade