0

Preocupado com Sobradinho, Oswaldo pede mais jogos em São Januário

22 abr 2013
07h04

Com 100% de aproveitamento, o Botafogo teve a melhor campanha da Taça Rio, classificando na primeira colocação do Grupo A. O bom desempenho no Estadual, no entanto, deve ser refletido na Copa do Brasil, competição em que o clube de General Severiano tem um jogo decisivo na próxima quarta-feira. Ciente da dificuldade do confronto, o treinador Oswaldo de Oliveira admite que a postura defensiva do Sobradinho-DF causa preocupação.

"Quando você reduz o espaço do campo, como o Sobradinho fez lá e, provavelmente, vai fazer aqui, e você tem que trabalhar com qualidade, trabalhar melhor o passe, fica mais difícil. É uma preocupação sim", revelou o comandante do Botafogo, que, após o empate sem gols no primeiro jogo, precisa vencer de qualquer maneira para avançar na competição nacional.

O duelo será realizado no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, e o local também é motivo de preocupação para Oswaldo de Oliveira. Sem Maracanã e Engenhão, o Estádio de São Januário é a melhor opção para os clubes cariocas atuaram na cidade do Rio de Janeiro, desta forma, o comandante espera que Botafogo e Vasco entrem em acordo para que seu elenco seja poupado de algumas viagens."Nós temos essa preocupação. Como o Vasco joga sempre no Engenhão, eu esperava que o Botafogo também tivesse esse direito, em igualdade de condições. O Estádio de São Januário é na nossa cidade, então facilitaria muito para as equipes que jogassem na cidade e não pudessem se ausentar", defendeu Oswaldo.

Em relação à boa campanha na Taça Rio, Oswaldo defendeu que é fruto do trabalho feito, mas alertou que não tem nada ganho. O treinador usou o exemplo do próprio Botafogo, que tirou a vantagem do Flamengo nas semifinais da Taça Guanabara, avançou à decisão e garantiu o título. "Isso é fruto do trabalho, nós ganhamos todos os jogos da Taça Rio, mas sabemos que isso é absolutamente conversível. Nós provamos isso nas semifinais da Taça Guanabara".

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade