0

Reservas do Botafogo empatam com Coruripe e garantem classificação

Com o foco na final do Campeonato Carioca, o Botafogo teve reservas em campo nesta quinta-feira e empatou por 1 a 1 diante do Coruripe-AL, em Los Larios. Com o resultado, os alvinegros garantiram a classificação para a Segunda Fase da Copa do Brasil, pois venceram o duelo de ida, em Alagoas, por 1 a […]

28 abr 2016
23h41
  • separator
  • 0
  • comentários

Com o foco na final do Campeonato Carioca, o Botafogo teve reservas em campo nesta quinta-feira e empatou por 1 a 1 diante do Coruripe-AL, em Los Larios. Com o resultado, os alvinegros garantiram a classificação para a Segunda Fase da Copa do Brasil, pois venceram o duelo de ida, em Alagoas, por 1 a 0.

Os cariocas tomaram um susto no primeiro tempo, quando viram o Coruripe abrir o placar com João Paulo, de pênalti. No entanto, no segundo tempo, o atacante Sassá, que retornou aos gramados após se recuperar de lesão grave, marcou o gol alvinegro, também de pênalti.

Agora, o Botafogo terá pela frente o Juazeirense-BA, na Segunda Fase da Copa do Brasil. A partida de ida, ainda sem data definida, será no interior baiano.

O jogo – O Botafogo tentou pressionar a saída de bola do Coruripe nos primeiros minutos, mas viu os visitantes assustarem logo aos oito minutos: Júnior Chicão recebeu passe na área, dominou, mas chutou em cima de Helton Leite.

O lance animou o Coruripe, que passou a pressionar o Botafogo. Aos 13 minutos, em contra-ataque rápido, Júnior Chicão arriscou de fora da área, mas parou em defesa tranquila de Helton Leite. O Botafogo tentava os avanços, mas sofria com os erros no setor ofensivo.

Após o crescimento dos visitantes, o Botafogo melhorou a marcação e equilibrou o confronto. No entanto, os alvinegros seguiam com dificuldade no ataque e não levavam perigo ao goleiro Ferreira. O Coruripe também parou de incomodar a defesa carioca. Com isso, a partida ficou concentrada entre as intermediárias.

Só que aos 28 minutos, o Coruripe conseguiu chegar ao gol em Los Larios. Ivan fez boa jogada e acabou derrubado por Jean na área. O árbitro marcou, cobrado por João Paulo. Helton Leite ainda encostou na bola, mas a viu ir para a rede.

Depois do revés, o Botafogo teve o domínio da posse de bola, principalmente no setor ofensivo. No entanto, os alvinegros continuavam tendo problemas para criar boas chances. O Coruripe recuou e passou a buscar os contra-ataques.

Já nos acréscimos, o jogo ganhou emoção. Aos 45 minutos, os visitantes quase ampliaram com João Paulo, mas o meia viu Helton Leite salvar os cariocas. No minuto seguinte, o Botafogo criou sua única chance, com Lizio. O meia recebeu cruzamento rasteiro na área e finalizou próximo a trave de Ferreira. Assim, o Coruripe foi para o intervalo com a vantagem no placar.

No segundo tempo, o Botafogo voltou mais disposto, só que continuava sem criar boas chances. O Coruripe recuou e parecia satisfeito com a possibilidade de levar o confronto para a disputa por pênaltis. Os alvinegros só começaram a assustar o rival a partir dos 13 minutos, em chute de Sassá que parou em Ferreira.

Aos 16 minutos, os donos da casa quase empataram em cobrança de escanteio que passou por todo mundo, menos por Sassá. O atacante cabeceou, mas para fora. Só que aos 21 não teve jeito. Bruno Silva chutou na área e a bola bateu no braço de Jair. O árbitro marcou pênalti, bem cobrado por Sassá para igualar o marcador em Los Larios.

O revés fez com que o Coruripe fosse obrigado a avançar em busca do gol. Os alagoanos assustaram aos 27 minutos, em chute de longe de João Paulo que parou em boa defesa de Helton Leite. Depois, foi a vez de Igor arriscar o gol, sem sucesso.

O confronto ganhou moldes de tensão na parte final, quando o volante Bruno Silva, que havia entrado no segundo tempo, foi expulso ao receber o segundo cartão amarelo. Com isso, o Coruripe pressionou em busca do gol, mas parou na marcação do Botafogo. Assim, os alvinegros conseguiram segurar o adversário até o apito final para confirmar a classificação.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 1 X 1 CORURIPE-AL

Local: Estádio Los Larios, em Duque de Caxias (RJ)

Data: 28 de abril de 2016, quinta-feira

Horário: 21h30(de Brasília)

Árbitro: Wanderson Alves de Sousa (MG)

Assistentes: Marconi Helbert Vieira (MG) e Felipe Alan Costa de Oliveira (MG)

Renda: R$ 4.6440,00

Público: 211 pagantes

Cartões amarelos: Jean (Botafogo); Mazinho, Tiago Lima e Ferreira (Coruripe)

Cartão vermelho: Bruno Silva (Botafogo)

GOLS:

BOTAFOGO: Sassá, aos 21min do segundo tempo

CORURIPE: João Paulo, aos 28min do primeiro tempo

BOTAFOGO: Helton Leite, Diego, Igor Rabello, Joel Carli e Jean; Dierson (Rodrigo Lindoso), Fernandes, Gervásio Nuñez e Demian Lizio (Bruno Silva); Neilton e Luís Henrique (Sassá)

Técnico: Ricardo Gomes

CORURIPE: Ferreira, Renato (Sadrak), Williames José, Tiago Papel e Igor (Roger); Jair, Mazinho, Tiago Lima e João Paulo; Ivan (Candinho) e Júnior Chicão

Técnico: Jaelson Marcelino

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade