0

Brasil cai uma posição e termina dia em 9º no geral; China lidera

31 ago 2012
22h47
atualizado às 23h45

Após terminar o primeira dia dos Jogos Paralímpicos de Londres em oitavo lugar, o Brasil caiu, nesta sexta-feira, uma posição no quadro de medalhas geral. Com seis medalhas conquistadas, sendo elas duas de ouro, duas de prata e duas de bronze, o País figura na nona colocação

» Acompanhe o quadro de medalhas dos Jogos Paralímpicos
» De bocha a goalball, conheça os esportes da Paralimpíada
» Confira dez curiosidades sobre a Paralimpíada

Também com seis medalhas, o Canadá está à frente do Brasil devido ao número de pratas. Com o mesmo número de ouros e uma a menos de bronze, os canadenses contam com três de prata contra duas do Brasil.

Na liderança, a China já possui 34 medalhas conquistadas, sendo 13 delas de ouro, 15 a mais do que o segundo colocado.

A Austrália, que mantém a vice-liderança do quadro geral, aparece com 19 medalhas - 13 de ouro -, à frente de Ucrânia, Rússia, Grã-Bretanha, EUA, Alemanha, Canadá e, finalmente, o Brasil.

A primeira medalha brasileira na Paralimpíada veio dos tatames da Arena ExCel, na estreia dos Jogos. A judoca Michele levou o bronze sem precisar lutar, após lesão de sua adversária.

Mais tarde, no mesmo dia, na natação, André Brasil ficou em segundo lugar nos 200 m medley M10 e levou a medalha de prata. Daniel Dias completou a estreia do Brasil com chave de ouro ao vencer os 50 m livre S5.

No segundo dia, mais uma medalha com André Brasil, que venceu os 50 m livre S10 e levou a medalha de ouro.

As outras duas medalhas desta sexta-feira vieram no judô. Lúcia Texeira, na categoria até 57 kg, levou a prata, e Daniele Bernardes, na categoria até 63 kg, conquistou o bronze.

André Brasil comemora com os pais, Antônia e Carlos Roberto, a conquista do ouro e a quebra do próprio recorde mundial nos 50 m livre S10
André Brasil comemora com os pais, Antônia e Carlos Roberto, a conquista do ouro e a quebra do próprio recorde mundial nos 50 m livre S10
Foto: Marcio Rodrigues/CPB / Divulgação
Fonte: Terra
publicidade