0

Brasil dá o troco na Rússia e é campeão da Copa Intercontinental

8 nov 2014
17h20

Após ser derrotado pela Rússia nas decisões de 2011 e 2012 da Copa Intercontinental, o Brasil finalmente deu o troco, neste sábado, ao vencer a seleção europeia por 3 a 2 na final da edição de 2014 do torneio, disputado em Dubai. Na primeira fase, os russos levaram a melhor sobre os brasileiros, vencendo por 2 a 1.

Com contornos dramáticos, a partida só foi decidida na prorrogação. O resultado significou um título inédito para Seleção Brasileira de futebol de areia. Na preliminar, Portugal goleou o Irã, campeão da última edição, por 3 a 0, e terminou com o terceiro lugar.

Aos oito minutos do primeiro tempo, Fred se antecipou à marcação de Shkarin e, caído no chão, abriu o placar para o time canarinho. A dois minutos para o intervalo, Romanov sofreu falta de Anderson e o juiz sinalizou a penalidade máxima. Na cobrança, o russo não desperdiçou e empatou o confronto.

A segunda etapa começou a todo o vapor e, logo no primeiro minuto, Rodrigo recebeu livre após boa enfiada de bola e tocou por debaixo das pernas do goleiro russo, desempatando o marcador. Muito pressionado pelo time europeu, o Brasil não resistiu e a dois minutos para o fim da partida levou o tento de empate. Perimitin cobrou falta do meio-campo, a bola desviou no morro de areia, enganou o goleiro Mão, e decretou o empate russo.

Já na prorrogação, os brasileiros foram mais agressivos e perderam chances de gol com Daniel Zidane e Bruno Xavier. No entanto, no último minuto, o melhor do mundo, Bruno Xavier, invadiu pela esquerda e bateu forte e cruzado entre as pernas do arqueiro russo. Depois, a Seleção só esperou o cronômetro zerar para comemorar o troféu inédito.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

publicidade
publicidade