7 eventos ao vivo

Felipão desconvoca Diego Costa: "deu as costas a um sonho de milhões"

29 out 2013
17h30
atualizado às 18h22
  • separator
  • 0
  • comentários

Em nota oficial publicada no site da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o treinador Luiz Felipe Scolari oficializou a desconvocação do atacante Diego Costa, que nesta terça escolheu defender a seleção espanhola em vez do Brasil. O jogador do Atlético de Madrid havia sido previamente chamado para os duelos contra Chile e Honduras, em novembro, mas está oficialmente fora dos jogos. 

<p>"Um jogador brasileiro que se recusa a vestir a camisa da Seleção e a disputar uma Copa no seu país só pode estar automaticamente desconvocado", afirmou Felipão</p><p> </p>
"Um jogador brasileiro que se recusa a vestir a camisa da Seleção e a disputar uma Copa no seu país só pode estar automaticamente desconvocado", afirmou Felipão
Foto: Mowa Press / Divulgação

"Um jogador brasileiro que se recusa a vestir a camisa da Seleção Brasileira e a disputar uma Copa do Mundo no seu país só pode estar automaticamente desconvocado. Ele está dando as costas para um sonho de milhões: o de representar a nossa Seleção pentacampeã em uma Copa do Mundo no Brasil", criticou Felipão.

Disputado por Brasil e Espanha, Diego Costa, que é o atual artilheiro do Campeonato Espanhol pelo Atlético de Madrid, rejeitou defender as cores verde e amarela para se naturalizar espanhol e se juntar aos atuais campeões mundiais.

O brasileiro, natural de Lagarto, no Sergipe, era um desejo pessoal de Felipão, que ficou encantado com as atuações recentes do jogador no início da temporada 2013/14 da Europa.

O atacante chegou a jogar pelo Brasil em amistosos de março deste ano, contra Rússia e Itália, mas, como não eram jogos oficiais, teve a chance de optar por representar a seleção espanhola pelo restante da carreira.

Na tarde desta terça, o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) José Maria Marin chegou a dizer que a entidade nacional continuará na luta para contar com o jogador, apesar do desejo já oficializado por Diego Costa. O coordenador técnico Parreira, contudo, defendeu que a decisão do atleta deve ser respeitada

Ouça na íntegra o trote de rádio espanhola em Felipão

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade