0

Neymar responde "porradas" e provocação de Pepe com golaço e bom futebol

Atacante deixou campo com sete das 15 faltas sofridas pelo Brasil na vitória por 3 a 1 sobre Portugal

10 set 2013
23h58
atualizado em 11/9/2013 às 00h59
  • separator
  • comentários

Principal jogador da Seleção Brasileira, o atacante Neymar foi o mais caçado em campo na vitória por 3 a 1 diante de Portugal, nesta terça-feira, no Gillette Stadium, nos Estados Unidos. Em resposta, o jogador marcou um golaço, o da virada do Brasil, e mais uma vez se mostrou decisivo no time do técnico Luiz Felipe Scolari.

<p>Neymar discute com Pepe; brasileiro mais uma vez foi caçado em campo</p>
Neymar discute com Pepe; brasileiro mais uma vez foi caçado em campo
Foto: Mowa Press / Divulgação

Aos 34min, em um momento em que Portugal ameaçava e o jogo estava aberto, o atacante dominou na intermediária, evoluiu pelo meio e deixou três marcadores para trás antes de bater forte na saída de Rui Patrício. Antes, ele já tinha cobrado escanteio para o gol de Thiago Silva. No segundo tempo, começou com ele a jogada que ainda passou pelos pés de Maxwell antes de Jô concluir o placar: 3 a 1.

O início de jogo, no entanto, se mostrava desafiador para Neymar. Portugal partiu para cima do Brasil e tentou intimidar os melhores jogadores adversários. Apesar de apenas nove faltas terem sido marcadas no primeiro tempo, os lances mais ríspidos se multiplicaram desde o minuto inicial.

Bruno Alves, por exemplo, deu um pisão em Bernard e uma entrada "no meio" de Neymar. David Luiz respondeu com um carrinho frontal em João Moutinho. Até na arquibancada brasileiros e portugueses se estanharam, com uma briga que acabou com uma pessoas retirada do local.

No entanto, o lance que melhor exemplifica a alta temperatura do jogo ocorreu quando Neymar, em velocidade, perdeu no jogo de corpo para Pepe e ainda recebeu uma bronca do futuro adversário de Barcelona x Real Madrid. O brasileiro recebeu amarelo.

Logo na sequência, o Brasil levou o primeiro gol português e o capitão Thiago Silva resolveu interceder. Conversou bastante com Neymar no meio-campo, antes do reinício da partida, e acalmou o atacante, que na sequência reagiu com o golaço e boas jogadas.

Ao todo, Neymar recebeu sete das 15 faltas dos brasileiros. Com o jogo resolvido, ele também provocou os portugueses passando o pé sobre a bola e tentando dribles. Saiu aplaudido aos 43min do segundo tempo, poupado por Felipão. Em entrevista à TV Globo, minimizou as pancadas que sofreu.

"(Dói) Um pouquinho, mas daqui a pouco sara e vai embora", disse. "Foi um grande espetáculo. Brasil x Portugal é sempre um show, então qualquer jogador tem vontade de jogar. Hoje eu e a equipe entramos em campo felizes", encerrou.

Fonte: Terra
  • separator
  • comentários
publicidade