0

Brasileiro de 2017 vai parar 28 dias por causa da Seleção

9 jun 2016
18h36
atualizado em 10/6/2016 às 10h01
  • separator
  • comentários

O Brasileiro das Séries A e B de 2017 vai ser paralisado por 28 dias, em setembro e outubro, por causa de quatro jogos da Seleção pelas eliminatórias do Mundial de 2018. Esta é a principal mudança no calendário do futebol nacional para o próximo ano, divulgado parcialmente na tarde-noite desta quinta na sede da CBF. Outra decisão da entidade é a de organizar internamente seu calendário antes de discutir efetivamente a hipótese de se copiar o modelo europeu.

Em média, vão ser 16 datas para os Estaduais em 2017, entre 29 de janeiro e 30 de abril. A CBF, no entanto, ainda não tem uma definição com relação ao torneio organizado em 2016 pela Primeira Liga. "Sugerimos algumas ideias para eles (dirigentes da Liga que reúne clubes do Sul e Sudeste) e ainda não obtivemos resposta", declarou Manoel Flores, diretor de Competições da CBF. Ele afirmou que o calendário completo será liberado ainda em junho.

Foto: Fernando Frazão/ Agência Brasil

De acordo com o secretário geral da CBF, Walter Feldman, a tendência é que o torneio da Primeira Liga tenha novamente uma característica de confrontos amistosos. Isso porque,  ele explicou, para ser formalizada pela CBF, a competição teria de seguir critérios técnicos para a definição dos participantes. Por enquanto, integram a Liga os seus 15 clubes fundadores.

Ainda sobre o Brasileiro, o número de rodadas no meio de semana cairá de 12 (2016) para nove. Também já está definido que os atletas terão de cumprir férias de 30 dias e o período de pré-temporada deverá ser no mínimo de 25 dias.

"O Brasil é diferente de todos. Logo no início do ano, são praticamente 27 campeonatos nacionais. Temos que valorizar sim os Estaduais, melhora-los cada vez mais", disse o técnico Carlos Alberto Parreira, durante entrevista coletiva na CBF. Ele faz parte do grupo de comitê de reformas da entidade. 

 

Fonte: Silvio Alves Barsetti
  • separator
  • comentários
publicidade