1 evento ao vivo

Casa da lenda do boxe Teófilo Stevenson pode virar museu em Cuba

12 jul 2012
16h53

A Assembleia Provincial de Las Tunas, estuda transformar em museu a casa onde viveu a lenda do boxe cubano Teófilo Stevenson, morto aos 60 anos de idade por causa de um infarto no último dia 11 de junho.

O jornal "Granma" informou que os delegados da Assembleia e do Parlamento deram apoio a proposta para prestar homenagem e eternizar a "glória esportiva" do pugilista tri campeão mundial e olímpico.

A moradia de Stevenson fica em um povoado conhecido como Delicias, no município de Puerto Padre, em Las Tunas, a 670 quilômetros ao leste de Havana. Stevenson era conhecido como ''o Gigante de Delícias'', em alusão a cidade, onde nasceu em 29 de março de 1952.

O pugilista cubano conquistou todos os títulos da Associação Internacional de Boxe Torcedor (AIBA) e se sagrou campeão olímpico em Munique, 1972; Montreal, 1976 e Moscou, em 1980.

Além disso, conquistou títulos em vários mundiais e em torneios pan-americanos, com um histórico de 301 vitórias em 321 combates realizados em 20 anos de carreira. Depois do título mundial conquistado em Reno, nos Estados Unidos, em 1986, o grande campeão cubano decidiu se aposentar em julho de 1988.

EFE   
publicidade