11 eventos ao vivo
Logo do CRB

CRB

CRB

Com dois de Itamar, Ceará vence fora de casa e ultrapassa o CRB

14 ago 2012
22h09
atualizado às 22h44

A noite desta terça-feira tinha tudo para ser do ídolo Aloísio Chulapa. Mas, para frustração do torcedor que compareceu ao estádio Rei Pelé, quem brilhou nos campos alagoanos foi outro centroavante. Oportunista, Itamar apareceu bem quando foi exigido e marcou os dois gols que garantiram a vitória por 2 a 0 do Ceará sobre o CRB.

Os três pontos conquistados nesta partida mantêm o embalo que o Ceará adquiriu na última rodada da Série B. Com a vitória por 2 a 0 sobre o Grêmio Barueri, na última sexta-feira, e o triunfo nesta terça-feira, o alvinegro cearense chega aos 24 pontos e deixa o CRB para trás na tabela de classificação. Já os alagoanos permanecem com 21 e voltam a acender o sinal de alerta para não se complicarem nas próximas rodadas do torneio.

O Jogo

O mando de campo era do CRB, mas quem mandou na partida foi o Ceará. O atacante Itamar entrou inspirado desde os primeiros minutos da etapa inicial e infernizou a zaga adversária. Logo aos 3min, o jogador foi acionado por cruzamento de Márcio Careca da esquerda e subiu sozinho para cabecear firme, sem chances de defesa para o goleiro Cristiano.

No lance seguinte, o Ceará tomou a bola facilmente dos meias alagoanos e encontrou Itamar no ataque. O centroavante cabeceou com liberdade e acertou a trave do estático arqueiro anfitrião. O novo susto deixou o CRB desestabilizado e deu espaço para que os alvinegros atacassem mais uma vez. Aos 10min, Paulo Sérgio cruzou bem da direita e Bruninho quase ampliou a vantagem.

Sem poder de reação, o CRB tentou ameaçar o seu adversário aos 16min, mas Fernando Henrique pulou bem para evitar o gol de falta. Embora o lance tenha empolgado o torcedor, o Ceará não se intimidou e conseguiu ampliar a vantagem com Itamar, aos 22min. Bruninho fez boa jogada individual na entrada da área e limpou os defensores para encontrar o centroavante dentro da área. Livre de marcação, o atleta adiantou a bola e tocou na saída de Cristiano para anotar o seu segundo no duelo.

A desvantagem no marcador fez o CRB alterar a equipe. Mineiro entrou no lugar de Roberto Lopes e conseguiu imprimir uma nova mentalidade ao seu time. Os donos da casa passaram a tocar melhor a bola e assustaram aos 44min. Geovani tentou a sorte de longe e Fernando Henrique se atirou para proteger a saída da bola pela linha de fundo.

Com a volta do intervalo, a reação que os anfitriões haviam esboçado desapareceu e o Ceará voltou a ditar o ritmo do confronto. Aos 11min, Paulo Sérgio recebeu cara a cara com o goleiro Cristiano, mas chutou em cima do camisa 1. Já aos 19min, Robert cabeceou bem para o gol e teve a jogada invalidada depois que o árbitro apontou irregularidade no lance.

A ânsia dos dois times em movimentar o placar proporcionou novas chegadas ao gol e trabalho para os goleiros. Aos 21min, João Marcos arriscou de longe e Cristiano se posicionou bem para evitar o gol do Ceará. Já aos 23min, Thiago Bezerra recebeu bom passe em profundidade e facilitou a vida dos zagueiros alvinegros ao driblar Fernando Henrique e se atrapalhar com a bola.

Nos minutos que se seguiram, o Ceará recuou e impediu o avanço dos seus adversários. A equipe deixou o jogo truncado no meio-campo e invalidou qualquer reação do CRB. Sem poder de fogo suficiente, os donos da casa não puderam fazer nada para evitar o revés e deixaram o estádio Rei Pelé com mais uma derrota na Série B.

O Criciúma venceu o América-RN de maneira surpreendente por 4 a 3, em casa. O time catarinense saiu na frente aos 6 min do primeiro tempo e na etapa final levou a virada com três gols de Pingo. Mas o time conseguiu reagir e fazer três gols em cinco minutos, o último deles aos 45 min do segundo tempo, decretando a virada e a permanência na liderança da Série B
O Criciúma venceu o América-RN de maneira surpreendente por 4 a 3, em casa. O time catarinense saiu na frente aos 6 min do primeiro tempo e na etapa final levou a virada com três gols de Pingo. Mas o time conseguiu reagir e fazer três gols em cinco minutos, o último deles aos 45 min do segundo tempo, decretando a virada e a permanência na liderança da Série B
Foto: Fernando Ribeiro / Futura Press
Fonte: Terra
publicidade