9 eventos ao vivo

Chocada, Geórgia cogita deixar Jogos de Vancouver

12 fev 2010
19h09
atualizado às 22h51

O chefe da delegação da Geórgia, Irakly Japaridze, confirmou a morte do atleta do luge Nodar Kumaritashvili e, por este motivo, disse que o país pode deixar a disputa dos Jogos de Inverno de Vancouver.

Reveja abertura da Olimpíada de 1984, em Sarajevo

"Infelizmente, ele morreu. Estamos todos em choque profundo, não sabemos o que fazer. Não sabemos se vamos participar da cerimônia de abertura ou dos Jogos Olímpicos em si", afirmou Japaridze.

Durante o treinamento desta sexta-feira, Nodar Kumaritashvili, 21 anos, foi jogado para fora do trenó, que se desgovernou em velocidade, e bateu contra uma estaca.

O atleta chegou a ser atendido por uma equipe de médicos na pista e foi levado para um hospital em Whistler, mas não resistiu e morreu.

Entenda o caso

O georgiano Nodar Kumaritashvili, 21 anos, morreu nesta sexta-feira após sofrer um grave acidente no treinamento do luge, no Whistler Sliding Center. O atleta estava em uma velocidade de 144 km/h quando perdeu o controle de seu trenó, bateu contra a parede de gelo e, depois, contra uma haste na pista.

A equipe médica dos Jogos de Vancouver tentou realizar procedimentos de reanimação, como massagem cardíaca e respiração boca a boca, antes de chamar um helicóptero para transferir Kumaritashvili ao hospital. O atleta, que havia iniciado a carreira profissional há dois anos, teve a morte anunciada horas depois pelo Comitê Olímpico Internacional (COI).

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
publicidade