2 eventos ao vivo

Cielo vê briga nos 50 m entre Bruno e Nicholas esquentar

3 mai 2011
07h38
Mônica Garcia
Direto do Rio de Janeiro

Na briga dos três gigantes brasileiros da prova mais veloz da natação, os 50 m livres, Cesar Cielo assiste de camarote. Já detentor do índice para o mundial de Xangai - ele é dono de nada menos que o recorde mundial da categoria, com 20s91 - o nadador do Flamengo se preocupa apenas em pontuar bem para o seu clube e se poupar para a final do Troféu Maria Lenk, que ocorre até o próximo domingo na piscina do Parque Aquático Júlio Delamare, no Rio. Enquanto isso, vê Bruno Fratus, do Pinheiros-SP, crescer na raia ao lado e tomar a dianteira na briga com Nicholas Santos, também do Flamengo.

Fratus caiu na água nesta segunda-feira para igualar o melhor tempo de Cielo do ano, 22s08, e passar para as semifinais em primeiro. Tomou a dianteira do recordista mundial e achou natural. "Eu não sei quando eu faço as minhas previsões, é muito mais baseado na minha sensação, na minha prova. Acho que o Cesão (Cesar Cielo) também. Já virou meio que um costume nas eliminatórias das competições aqui do Brasil ele não nadar 100%. Então não me surpreendeu. Assim como também não sei se faz muita diferença para mim, pois procuro visar mais o meu próprio resultado", afirmou Bruno.

Nicholas ficou em terceiro, com 22s60. Os três voltam a se enfrentar nas semifinais da categoria que ocorrem nesta terça-feira. Cielo analisa a situação: "acho que é uma briga entre os dois (Bruno e Nicholas), por uma segunda vaga. Pessoalmente, vou tentar ganhar dos dois. Sei que estou numa situação inferior a eles no momento. Eles estão raspados. Estão completamente descansados. Acho que é um desafio mental, bem bacana".

Atleta de videogame
Cielo, que tirou a semana que separou as tentativas para o Mundial de Xangai do Troféu Maria Lenk para o descanso, afirmou que mesmo a distração lhe trouxe sofrimento: "fiquei com os dedos doloridos de ficar no computador, jogando videogame. Foi para descansar mesmo. E vamos ver, colocar à prova aqui. Ver se essa semana de descanso foi legal para mim". Cielo vai nadar seis provas na competição. Além dos 50 m livre, vai competir nos 100 m livre e nos 50 m borboleta. Também vai participar das provas de revezamento 4x50 m livre, 4x100m livre e 4x100m medley.

"Haja fôlego. A gente treina para isso. A gente está ciente do semestre inteiro. Sabemos quais serão as competições. E o importante aqui é marcar bastante pontos", disse o atleta, que quer ajudar o Flamengo a alcançar uma boa posição. A meta de Cielo é a segunda posição para o clube e colocar o maior número de atletas na Seleção para representar o Brasil em Xangai.

Já no âmbito individual, o atleta pretende vencer nas suas principais categorias, os 50 m livre e os 100 m livre. "Não estou 100% da minha forma. A ideia é nadar o melhor possível e ganhar as minhas provas fortes. Representar o Flamengo da melhor forma. Mas rápido mesmo só no Mundial", diz Cielo.

Após semana de descanso, Cielo diz que abusou do videogame
Após semana de descanso, Cielo diz que abusou do videogame
Foto: Satiro Sodré/CBDA / Divulgação
Fonte: Especial para Terra

compartilhe

publicidade
publicidade